quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Em "O Natal dos Coopers" o que salva é o elenco premiado


"O Natal dos Coopers é comédia fraca com elenco
de famosos (Fotos: Paris Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas

Comédia fraquinha, com cara de sessão da tarde de 25 de dezembro. Não fosse o elenco famoso, "O Natal dos Coopers" poderia passar batido pelas bilheterias de cinema e ir direto para DVD ou TVs abertas. 

A história é comum nesta época do ano: os pais sessentões Sam (interpretado por John Goodman) e Charlotte (Diane Keaton) que tentam reunir a família para a ceia natalina, mas ao mesmo tempo precisam arrumar uma forma de contar que vão se separar após 40 anos de casamento.

Enquanto isso, cada filho vive seu drama e tenta esconder a situação para não atrapalhar a festa. Tem o filho quarentão Hank (Ed Helms) que está separado e precisa pagar a pensão, mas está desempregado. 

A filha Eleanor (Olivia Wilde) que não consegue ter um relacionamento sério por muito tempo, mas mantém um caso com um homem casado. 

Além de Emma (Marisa Tomei), que morre de inveja da irmã Charlotte, e o pai das duas, Bucky (Alan Arkin) que se encanta por Ruby (Amanda Seyfried), a jovem garçonete do restaurante que frequenta.

"O Natal dos Coopers" é uma comédia leve, bem família, com alguns momentos engraçados (graças ao cachorro do casal principal). Não foi a toa que ficou pouco tempo em exibição nos cinemas de BH, não chegou nem ao Natal.




Ficha técnica:
Direção: Jessie Nelson
Distribuição: Paris Filmes
Duração: 1h47
Gênero: Comédia
País: EUA
Classificação: Livre
Nota: 2,5 (0 a 5)

Tags: #ONataldosCoopers, #JohnGoodman, #DianeKeaton, #MarisaTomei, #OliviaWilde, #AlanArkin, #AmandaSeyfried, #EdHelms, #comédia, #ParisFilmes, CinemanoEscurinho