segunda-feira, 5 de março de 2018

Oscar 2018: "A Forma da Água" confirma previsões e é escolhido o Melhor Filme

Ficção dirigida por Guillermo Del Toro conta a história de uma funcionária muda que se apaixona por um ser aquático preso no laboratório onde ela trabalhava (Fotos: Divulgação)

Maristela Bretas


Sem grandes gafes e marcada por discursos fortes a favor da igualdade de gênero, valorização da mulher, do negro e da diversidade, a 90ª Edição do Oscar, promovida pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood entregou a estatueta de Melhor Filme de 2018 à produção "A Forma da Água", de Guillermo del Toro, também escolhido como Melhor Diretor. O filme ainda conquistou outras duas estatuetas - Melhor Trilha Sonora e Melhor Design de Produção - das 13 indicações que disputava. "Dunkirk" foi o segundo maior premiado, com três estatuetas, todas técnicas: Melhor Edição, Edição de Som e Mixagem de Som.

"Dunkirk"
Pela segunda vez, o comediante norte-americano Jimmy Kimmel foi o mestre de cerimônia da festa, celebrada no Teatro Dolby, em Los Angeles (Califórnia, EUA). Kimmel contou histórias e fez piadas sobre os candidatos e o presidente Donald Trump, e relembrou que o ano de 2017 foi marcado pelos escândalos de denúncias contra o assédio sexual em Hollywood. A abertura, feita em preto e branco, lembrou grandes produções premiadas com o Oscar nos últimos 90 anos. O cenário era semelhante a um grande diamante.

Sam Rockwell - "Três Anúncios Para um Crime"
O primeiro prêmio entregue foi o de Melhor Ator Coadjuvante e contou com uma montagem mostrando os maiores premiados em todos os anos nesta categoria. Viola Davis entregou a estatueta a Sam Rockwell, de "Três Anúncios Para um Crime", que já havia conquistado também o Globo de Ouro.

Gal Gadot e Armie Hammer apresentaram a categoria de Melhor Maquiagem e Cabelo, prêmio entregue a "O Destino de Uma Nação", pelo trabalho feito em Gary Oldman. Na sequência, "Trama Fantasma" ganhou em Melhor Figurino. Laura Dern e Saoirse Ronan entregaram a estatueta para "Ícaro" como vencedor de Melhor Documentário em Longa-Metragem, que critica a corrupção e o maior esquema de doping montado pela Rússia nos Jogos Olímpicos.

Gary Oldman - "O Destino de Uma Nação"
Taraji P. Henson, de "Estrelas Além do Tempo" chamou ao palco Mary J. Blige para interpretar a primeira música das concorrentes a Melhor Canção Original - "Mighty River", do filme "Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi". O prêmio de Melhor Documentário em Longa-Metragem foi para "Ícaro". Uma linda edição de cenas dos vencedores do Oscar nestes 90 anos serviu de gancho para o anúncio das categorias de Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som, premiações conquistadas por "Dunkirk". 

"Me Chame pelo Seu Nome"
A segunda música apresentada foi "Remember Me", da animação Disney/Pixar "Viva - A Vida é uma Festa", de autoria de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez. A canção foi interpretada em duas versões - por Gael Garcia Bernal e Natalia La Fourcade. "Mystery of Love", do filme "Me Chame Pelo Seu Nome", de autoria de Surjan Stevens, foi a terceira canção a ser apresentada.

Allison Janney - "Eu, Tonya"
A veterana atriz Rita Moreno chegou arrasando para apresentar o Melhor Filme Estrangeiro, que ela comemorou ao entregar a estatueta para o chileno "Uma Mulher Fantástica". Grandes atrizes foram lembradas na edição feita para anunciar a vencedora na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante. Mahershala Ali (escolhido como Melhor Ator Coadjuvante em 2017 por "Moonlight: Sob a Luz do Luar") chamou ao palco Allison Janney, pelo excelente trabalho em "Eu, Tonya".

"Viva - A Vida é Uma Festa"
O simpático robozinho BB8, Mark Hamill, Oscar Isaac e Kelly Marie Tran anunciaram a categoria de Melhor Curta em Animação, premiação conquistada por "Dear Basketball", de Glen Keane e do astro basquete mundial Kobe Bryant. O jogador recebeu o prêmio e agradeceu a família e a John Williams pela trilha sonora. O elenco de "Star Wars - Os Últimos Jedi" entregou também o prêmio de Melhor Animação para "Viva - A Vida é uma Festa".

"Blade Runner 2049"
Gina Rodrigues e Tom Holland foram os responsáveis por entregar o Oscar de Melhores Efeitos Visuais aos representantes de "Blade Runner 2049". Matthew McConaughey anunciou "Dunkirk" como o vencedor por Melhor Montagem. O diretor do filme Christopher Nolan cumprimentou Lee Smith pela vitória.

"Dunkirk"
Vários atores e atrizes fizeram uma surpresa ao público que estava numa sala de cinema ao lado do local da entrega do Oscar. Os primeiros a entrarem foram Jimmy Kimmel e Gal Gadot, que enlouqueceram a plateia e agradeceram a todos aqueles que vão ao cinema. Mark Hamill, Guillermo Del Toro e outras celebridades entregaram balas, cachorros quentes e brindes. 

Um dos espectadores chamou as apresentadoras que anunciaram "Heaven is a Traffic Jam on the 405" como Melhor Documentário em Curta-Metragem e "The Silent Child" como Melhor Curta Metragem. Na sequência, a apresentação da quarta canção que disputa o Oscar 2018 - "Stand Up for Something", de Diane Warren e Lonnie R. Lynn, tema do filme "Marshall". Chadwick Boseman e Margot Robbie entraram para entregar a "Me Chame Pelo Seu Nome" de James Ivory, o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado. 

Jordan Peele - "Corra!"
O diretor Jordan Peele recebeu das mãos de Nicole Kidman a estatueta de Melhor Roteiro Original por "Corra!". Ele foi o primeiro negro a vencer nesta categoria. Mantendo a política de diversidade, a Academia convidou Wes Studi, ator de origem da tribo indígena cherokee para apresentar o especial homenageando os militares norte-americanos que serviram pelo mundo, como ele. 

Sandra Bullock, com uma plástica no nariz que parecia Lorde Voldemort, de Harry Potter, anunciou "Blade Runner 2049" como vencedor na categoria Melhor Fotografia. O responsável Roger Deakins recebeu o prêmio. A última canção a ser apresentada foi "This is Me", do filme "O Rei do Show", composta por Benj Pasek e Justin Paul e interpretada na cerimônia pela cantora e atriz da Broadway Keala Settle.

"Remember Me" - "Viva - A Vida é uma Festa"
O veterano Christopher Walken foi aplaudido de pé ao anunciar a Melhor Trilha Sonora Original para "A Forma da Água", representado por Alexandre Desplat. Na sequência, "Remember Me", de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez, tema da animação de "Viva - A Vida é uma Festa" foi escolhida como Melhor Canção Original.

Jennifer Garner apresentou o quadro In Memoriam que homenageia as pessoas ligadas ao cinema que morreram em 2017, incluindo Jerry Lewis. Emma Stone, ganhadora do Oscar de Melhor Atriz em 2016 por "La La Land", anunciou Guillermo del Toro como Melhor Diretor por "A Forma da Água". Para anunciar o vencedor de Melhor Ator, Jane Fonda e Helen Mirren falaram das mudanças no mundo e chamaram ao palco Gary Oldman, pelo papel de Winston Churchill em "O Destino de Uma Nação".

Frances McDormand - "Três Anúncios Para um Crime"
Nova montagem com filmes protagonizados por grandes atrizes foi a chamada para a entrega da estatueta de Melhor Atriz. Jodie Foster, de muletas, e Jennifer Lawrence, brincaram com Meryl Streep como se ela fosse a causadora. A escolhida foi Frances McDormand, protagonista de "Três Anúncios Para um Crime". Ela dedicou seu prêmio às mulheres que foram indicadas a todas as categorias do Oscar 2018.

"A Forma da Água"
A dupla Faye Dunaway e Warren Beatty foi perdoada pela gafe do ano passado quando anunciou "La La Land" como o filme vencedor do Oscar 2017, quando o correto era "Moonlight". Desta vez, Beatty não repassou o envelope a sua parceira de palco e ainda confirmou por mais de uma vez o nome do vencedor "A Forma da Água" como o Melhor Filme de 2018. O diretor subiu ao palco para receber a premiação acompanhado de parte do elenco e produção e agradeceu a todos, encerrando a cerimônia.

Vencedores do Oscar 2018. Clique nos links para ler as críticas da turma do Cinema no Escurinho

Melhor Filme - "A Forma da Água"
Melhor Diretor - Guillermo del Toro ("A Forma da Água")
Melhor Ator - Gary Oldman ("O Destino de Uma Nação")
Melhor Atriz - Frances McDormand ("Três Anúncios Para um Crime")
Melhor Ator Coadjuvante - Sam Rockwell ("Três Anúncios Para um Crime")
Melhor Atriz Coadjuvante - Allison Janney ("Eu, Tonya")
Melhor Roteiro Adaptado - "Me Chame Pelo Seu Nome" (James Ivory)
Melhor Roteiro Original - "Corra!" (Jordan Peele)
Melhor Filme Estrangeiro - "Uma Mulher Fantástica" (Chile)
Melhor Design de Produção - "A Forma da Água"
Melhor Maquiagem e Cabelo - "O Destino de Uma Nação"
Melhor Figurino - "Trama Fantasma"
Melhor Fotografia - "Blade Runner 2049" (Roger Deakins)
Melhor Trilha Sonora Original - "A Forma da Água" (Alexandre Desplat)
Melhor Canção Original - "Remember Me" ("Viva - A Vida é uma Festa") 
Melhor Edição de Som - "Dunkirk"
Melhor Mixagem de Som - "Dunkirk"
Melhor Montagem - "Dunkirk"
Melhor Animação - "Viva - A Vida é uma Festa"
Melhor Curta em Animação - "Dear Basketball" 
Melhores Efeitos Visuais - "Blade Runner 2049"
Melhor Documentário em Longa-Metragem - "Ícaro"
Melhor Documentário em Curta-Metragem - "Heaven is a Traffic Jam on the 405"
Melhor Curta-Metragem - "The Silent Child"

Tags: #AFormaDaAgua, #TresAnunciosParaUmCrime, #VivaAVidaÉUmaFesta, #Dunkirk, #BladeRunner2049, #TramaFantasma, ODestinoDeUmaNacao, #MeChamePeloSeuNome, #Oscar2018, #ação, #romance, #biografia, #ficção, #animação, #drama, #CinemanoEscurinho