domingo, 8 de fevereiro de 2015

Esqueça o casal morno e curta os efeitos especiais de "O Destino de Júpiter"

Falta química entre Mila Kunis e Channing Tatum no filme dirigido pelos irmãos Wachowski- Fotos: Warner Bros, Pictures/Divulgação)


Maristela Bretas


Sob a direção dos irmãos Andy e Lana Wachowski, responsáveis pela trilogia "Matrix", está em cartaz mais uma produção cheia de ótimos efeitos especiais e dois rostos bonitos - "O Destino de Júpiter" ("Jupiter Ascending").  O filme chegou a ser anunciado para julho de 2014, mas a produtora resolver adiar seu lançamento para "fazer uns ajustes" nos efeitos especiais. E valeu a pena: os recursos empregados são de última geração.

Contando em seu elenco principal com Mila Kunis (de "Oz, Mágico e Poderoso") e Channing Tatum (de "Foxcatcher") o filme traz batalhas galácticas, disparos de laser, explosões, mutantes, exércitos de lagartos, robôs e extraterrestres do mal e uma disputa inescrupulosa entre irmãos pelo domínio do universo. 


E claro, não podiam faltar cenas constantes de resgate da bela mocinha pelo gato sarado. Com direito a romance entre o casal de rostinho bonito mas sem expressão.

O filme conta a história de Jupiter Jones (Mila Kunis), uma moça comum que ganha a vida fazendo faxina, sem saber que é descendente de uma linhagem que e próxima ocupante do posto de Rainha do Universo. Ameaçada por extraterrestres, ela á salva por Caine (Tatum), um ex-caçador militar geneticamente modificado que tem por missão protegê-la a todo custo e levá-la para assumir seu lugar no trono e salvar a população da Terra. Sai do cinema sem saber como ela se tornou uma herdeira tendo nascido na Terra e filha de pais terráqueos.




Dando um suporte ao elenco estão Sean Bean (da trilogia "O Senhor dos Anéis"), Eddie Redmayne (que arrasou no papel de Stephen Hawking, em "Teoria de Tudo", também em cartaz nos cinemas), Tuppence Middleton (que trabalhou com Sean Bean em "Cleanskin: Jogo de Interesses") e Douglas Booth ("Noé").


A ficção vale como distração em uma sessão da tarde, recheada de muita ação, efeitos especiais de primeira que garantem boas cenas de batalhas no espaço e sobre a cidade de Chicago, principalmente se a versão for em 3D.

Para quem gosta do gênero, o filme pode ser conferido nas salas Cineart dos shoppings Cidade (2D e 3D), Paragem, Itaú Power (2D e 3D), Via Shopping, Minas Shopping (2D e 3D), Shopping Contagem e Monte Carmo (Betim), além do Pampulha Mall e Big Shopping. A versão 3D pode ser conferida ainda nas salas Cineart dos shoppings Boulevard e Del Rey e nas salas Cinépolis 2,3 e 4 do Estação BH.


                                                                  GALERIA DE FOTOS


Ficha técnica:
Direção, roteiro e produção: Andy e Lana Wachowski
Produção: Village Roadshow Pictures
Distribuição: Warner Bros. Pictures 
Duração: 2h07
Gênero: Ficção/ Ação/ Aventura
País: EUA
Classificação: 12 anos
Nota: 3 (0 a 5)

Tags: O Destino de Júpiter; Mila Kunis; Channing Tatum; Eddie Redmayne; Andy Wachowski; Lana Wachowski; ficção; aventura; ação; Warner Bros. Pictures; Cinema no Escurinho