terça-feira, 31 de março de 2015

"O Garoto da Casa ao Lado" tem clichês de sobra e final previsível, mas convence

Jennifer Lopez aproveita para mostrar, com frequência, sua ótima forma de quarentona (Fotos: Universal Pictures/Divulgação)

Maristela Bretas


Tenso, envolvente em muitas partes e conduzido de maneira correta, sem grandes novidades pelo diretor Rob Cohen, "O Garoto da Casa ao Lado" ("The Boy Next Door"), apesar de ser cheio de clichês e final previsível, prende até o fim. Jennifer Lopez, atriz principal e uma das produtoras, desempenha bem o papel de Claire Peterson, uma mulher traída pelo marido que tenta recomeçar a vida ao lado do filho adolescente Kevin (Ian Nelson). E é essa carência e o corpo sarado do vizinho garotão que a levam a perder a cabeça.

A atriz aproveita para mostrar, com frequência, sua ótima forma de quarentona, o que deverá agradar muito adolescente e aos fãs da também cantora. Em entrevista, J-Lo confirmou que filmou suas próprias cenas de sexo e que se sentiu constrangida. 

Já o Ryan Guzman, que interpreta o jovem Noah, foi estreante em cenas de sexo e contou que também ficou pouco a vontade. Apesar de novato, ele foi bem convincente como o jovem psicopata apaixonado nas cenas de loucura e violência. E vai provocar muitos "suspiros" femininos no cinema.



"O Garoto da Casa ao Lado" (uma tradução péssima, pois de garoto Guzman não tem nada) tem boas cenas de suspense, apesar de semelhantes às de outras produções do gênero. O filme conta a história da professora Claire, que carente conhece Noah, seu vizinho, com quem acaba se envolvendo e transando. Disposto a entrar na vida da quarentona, ele se aproxima do filho dela e passa a ameaçar Claire e a vida de sua família e amigos.

Um bom suspense que pode ser assistido nos shoppings Del Rey, Boulevard, Estação BH, Pátio Savassi e Metropolitan Betim.

Ficha técnica:
Direção: Rob Cohen
Distribuição: Universal Pictures
Duração: 1h31
Gênero: Suspense
País: EUA
Classificação: 14 anos
Nota: 3 (0 a 5)

Tags: O Garoto da Casa ao Lado; Jennifer Lopez; Ryan Guzman; suspense; Universal Pictures; Cinema no Escurinho