quinta-feira, 7 de maio de 2015

"O Franco-Atirador" reúne Sean Penn e Javier Bardem em trama que explora a miséria e os conflitos na África

Sean Penn é o franco-atirador Martin Terrier que quer deixar a profissão e levar uma vida pacata (Fotos: Paris Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas


O diretor Pierre Morel tentou trazer para "O Franco-Atirador" ("The Gunman") a ação policial sem trégua de "Busca Implacável", que lhe valeu boa bilheteria e ganhou duas sequências. Apostou suas fichas em nada menos que Sean Penn (que virou um saradão de meia idade) e Javier Bardem para dividirem o amor de Jasmine Trinca. Idris Elba, Jorge Leon Martinez e Ray Winstone completam o elenco principal. O filme estreia nesta quinta-feira (7) nos cinemas de BH.

Toda a ação foi filmada em Barcelona e Londres, mas o filme perde um pouco a força a medida que vai avançando e vai se transformando numa história comum, com cenas de violência e muitos tiros e explosões. Da metade para frente já fica claro quem são os vilões. Não que o personagem de Sean Penn seja algum santo, mas é o mais próximo de um "mocinho", com direito a namorar a "mocinha". A interpretação de Bardem lembra, em alguns momentos, a que ele fez em "Skyfall", mas mesmo ele foi pouco explorado.

O diretor se perde ao usar estes personagens para tentar mostrar a destruição e a miséria nos países africanos provocadas pelos conflitos armados e a exploração das mineradoras de ouro e diamante que contratam mercenários para garantirem a segurança. Pode funcionar em livro, mas como filme deixou a desejar. "O Franco-Atirador" é uma adaptação do romance policial "The Prone Gunman", escrito por Jean-Patrick Manchette em 2002.

O filme conta a história de Martin Terrier (Sean Penn), ex-atirador de elite das Forças Armadas e agora matador de aluguel que atua na área de conflito de Uganda ao lado de Félix (Bardem). Ele quer deixar a profissão e passar o resto da vida ao lado de sua amada Annie (Jasmine Trinca).

Mas no último trabalho ele é obrigado a fugir, deixando a jovem para trás. Anos depois, o passado volta a assombrar Terrier, que terá de investigar quem está tentando matá-lo e a seus antigos companheiros e qual destino tomou o amor de sua vida.

Não vá ao cinema pensando que "O Franco-Atirador" é um filme sobre um atirador de elite que sai matando quem ameaça seus companheiros. Ele é completamente diferente de "Sniper Americano", a começar por Martin Terrier, que dá um tiro apenas com um rifle de precisão no filme todo. Ao contrário de Chris Kyle (papel de Bradley Cooper) que mata dezenas de pessoas na guerra no Iraque. O filme vale pelas presenças de Javier Bardem e Sean Penn.



Ficha Técnica:
Direção: Pierre Morel
Produção: Nostromo Pictures / Silver Pictures/ StudioCanal
Distribuição: Paris Filmes
Duração: 1h57
Gêneros: Ação/Policial/Drama
Países: Espanha/França/Reino Unido
Classificação: 16 anos
Nota: 3 (0 a 5)

Tags: O Franco-Atirador; Sean Penn; Javier Bardem; Idris Elba; Pierre Morel; drama; ação; policial; Paris Filmes; Cinema no Escurinho