segunda-feira, 15 de agosto de 2016

"Cantando de Galo" é uma animação mexicana para fazer rir, sem maiores pretensões

Toto e seus amigos vivem uma aventura para tentar salvar a fazenda onde moram (Fotos: Divulgação)

Maristela Bretas 


Não espere uma superprodução como as da Pixar ou Dreamworks. Vá com espírito para dar boas risadas que a animação "Cantando de Galo" ("Un Gallo con Muchos Huevos") poderá ser uma boa surpresa. Entre os motivos que garantem diversão estão as referências a filmes de sucesso como "Hulk", "O Poderoso Chefão", "Transformers", "Karatê Kid", "Rocky, um Lutador", "Fuga das Galinhas" e até "Star Wars".

A produção mexicana, dos mesmos criadores de "Ovocartoon", tem como proposta fazer rir, sem grandes pretensões. Mas pecou na escolha do tema politicamente incorreto e nem um pouco indicado para crianças - rinha de galos. Mas nada que vá causar trauma nos pequenos. O filme é bem colorido, na medida que se espera de uma produção infantil.

Até porque, o personagem principal é Toto, um galinho franzino mas simpático. Apesar de sonhar em ser um lutador, ele vive numa fazenda e tem como amigos vários ovos de galinha 'mucho locos', um bacon sobrevivente da panela, uma franguinha cheia de charme e apaixonada e o pai dela, um robusto ex-galo de briga. Mas o destaque fica por conta dos ovos falantes, que garantem as melhores cenas e diálogos.

Todos vivem tranquilamente na fazenda até que um fazendeiro sem escrúpulo ameaça tomar o lugar caso a dona não pague a hipoteca atrasada. Toto e seus amigos decidem procurar os organizadores de lutas de galo e propõem um combate dando a fazenda como garantia.


Toto, no entanto, terá de enfrentar o grande campeão do ringue e para isso precisa encontrar um treinador que possa ajudá-lo a vencer. Só não esperava que fosse um histérico ovo de pato com uma incômoda voz estridente. Apesar deste detalhe, ele é bem engraçado ao usar os estilos de Karatê Kid e Rocky Balboa para ensinar seu pupilo galináceo.

"Cantando de Galo" tem luta, aventura, romance e final feliz, com direito a cena extra após os créditos. Ele está em exibição em 13 salas de cinema de shoppings de BH, Betim e Contagem, apenas no formato 2D em versão dublada.



Ficha técnica:
Direção, roteiro e produção: Gabriel Riva Palacio
Produção: Videocine / Televisa
Distribuição: Paris Filmes
Duração: 1h38
Gêneros: Animação / aventura
País: México
Classificação: Livre
Nota: 2 (0 a 5)

Tags: #cantandodegalo, #GabrielRivaPalacio, #comédia, #animação, #México, #ParisFilmes, #CinemanoEscurinho