segunda-feira, 19 de junho de 2017

"Tudo e Todas as Coisas" é distração romântica para adolescentes

Amandla Stenberg e Nick Robinson são os protagonistas desta moderna história de amor (Fotos: Warner Bros. Pictures/Divulgação)

Maristela Bretas


O que você faria se sofresse de uma doença rara, vivesse numa redoma de vidro, tivesse uma mãe superprotetora e do lado de fora de sua janela surgisse o amor de sua vida, sem que pudesse tocá-lo. Pois este é o tema de "Tudo e Todas as Coisas" ("Everything, Everything"), baseado no best-seller escrito por Nicola Yoon e dirigido por Stella Meghie.

O filme tem uma história típica de romance de adolescente, com dois atores jovens, conhecidos de outras produções - Amandla Stenberg (“Jogos Vorazes”), como Maddy, e Nick Robinson (“Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros”), como Olly. O elenco conta ainda com Anika Noni Rose (“Dreamgirls: Em Busca de um Sonho”), como a mãe de Maddy, e Ana de la Reguera (“Sun Belt Express”), a enfermeira que cuida da jovem desde pequena.

Maddy tem uma doença rara - ela sofre de Síndrome da Imunodeficiência Combinada e seu corpo não é capaz de combater vírus e bactérias do mundo exterior. Além do drama da jovem, o filme aborda também a paranoia da mãe dela, que por medo de perdê-la cria a adolescente numa redoma de vidro. Uma prisão de alto luxo. E é da janela de seu quarto que ela vê chegar à casa ao lado seu vizinho Olly, um rapaz com pinta de rebelde. O interesse de um pelo outro é imediato.


A jovem está desesperada para experimentar o desejado e estimulante mundo além das paredes de seu quarto – e a promessa de seu primeiro amor. Os olhares trocados apenas pelo vidro das janelas e as conversas pelo Whatsapp criam um profundo laço entre ela e Olly. E os dois vão fazer o possível para ficarem juntos, ignorando a doença e todas as pessoas que tentarem afastá-los.

Um enredo sem nada de especial, seguindo o estilo da autora de relacionamentos interraciais, mas "Tudo e Todas as Coisas" agradou ao público jovem presente à sessão. Principalmente aqueles que leram o livro, cujo final é diferente da versão cinematográfica, segundo eles. Mas o casal principal deu conta do recado. Gostei mais da atuação de Amandla Stenberg. Achei Nick Robinson um pouco devagar para um jovem apaixonado que faria tudo pela amada. Mas vale a sessão como distração.



Ficha técnica:
Direção: Stella Meghie
Produção: Alloy Entertainment
Distribuição: Warner Bros. Pictures
Duração: 1h37
Gêneros: Drama / Romance
País: EUA
Classificação: 12 anos
Nota: 3 (0 a 5)

Tags: #TudoeTodasasCoisas #EverythingEverything #AmandlaStenberg #NickRobinson #StellaMeghie #AlloyEntertainment #WarnerBrosPictures #CinemanoEscurinho