domingo, 27 de abril de 2014

"Getúlio", um grande filme sobre a intimidade e os últimos dias do presidente do povo

Tony Ramos interpreta o presidente no filme "Getúlio" (Fotos: Copacabana Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas

No ano em que se completam 60 anos da morte do presidente Vargas, o diretor João Jardim e a produtora Carla Camurati acertaram na produção de "Getúlio", que estreia nesta quinta-feira (1º de maio) nos cinemas. O filme é uma aula de história, com ingredientes de drama thriller político, que deve ser visto, principalmente pela atual geração.

O filme é uma narrativa dos 19 últimos dias que antecederam a morte daquele que foi chamado de "o pai dos pobres" pelo povo e de ditador pelos inimigos. 

Além dos fatos históricos que marcaram o período, a produção explora principalmente a intimidade do presidente Getúlio Vargas (ótima interpretação de Tony Ramos), tomando como base jornais, livros, cartas, discursos e dois diários escritos entre 1930 e 1942. 




"Getúlio" deve causar polêmica, uma vez que apresenta um presidente fragilizado, de pouco pulso, que não quer tomar medidas extremas contra os aliados que o traíram e seus inimigos, nos últimos dias que antecedem sua morte. 

Diferente da imagem que sempre foi passada ao longo da história. Ao mesmo tempo, o filme desperta a simpatia pelo personagem, nos momentos de carinho e atenção com os filhos,. Uma produção imperdível.


Mas a perseguição dos inimigos, comandado por seu maior inimigo, o jornalista Carlos Lacerda (vivido por Alexandre Borges), e a traição dentro do próprio governo e de seu homem de confiança, o tenente Gregório Fortunato (vivido por Thiago Justino), o levaram ao suicídio com um tiro no peito, no dia 24 de agosto.


A narrativa começa no dia 5 de agosto de 1954, o jornalista Carlos Lacerda sofre um atentado a tiros na porta de casa, na rua Tonelero, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Neste dia, morreu o segurança de Lacerda, major Rubens Vaz, da Aeronáutica, o que despertou a revolta dos militares. 

O presidente da República, Getúlio Vargas, é acusado de mandar matar o maior inimigo político do seu governo. A ordem para o atentado teria saído de dentro do Palácio do Catete, e a acusação recai sobre o tenente Fortunato.


Apoiado apenas pela filha Alzira (papel de Drica Moraes) e fiéis colaboradores como Tancredo Neves (Michel Bercovitch) e o general Zenóbio da Costa (Adriano Garib), Getúlio sofre grande pressão por sua renúncia. Diante da ameaça de ser deposto, ele se suicida. Mas deixa sua marca: "Saio da vida para entrar na História”.

Com um orçamento de R$ 7 milhões, a produção de "Getúlio" também se destaca pelos detalhes na reconstituição de época: a cena do suicídio foi filmada na mesma cama e com a mesma arma com que o presidente se matou, no Palácio do Catete, onde a equipe passou mais de 20 dias filmando. Também os salões do Museu da República serviram para a maioria das locações. Até mesmo a cena do atentado a Lacerda foi feita na porta da antiga casa do jornalista.

Ficha técnica:
Direção: João Jardim
Produção: Copacabana Filmes
Duração: 1h50
Gênero: Drama/ Thriller político 
País: Brasil
Classificação: 12 anos
Nota: 5 (0 a 5)

Tags: Getúlio, Vargas, Tony Ramos, Drica Moraes, Copacabana Filmes, Globo Filmes, Cinema no Escurinho

Hangout com o Homem-Aranha. Acompanhe

Confira o Tweet de @SonyPicturesBr: https://twitter.com/SonyPicturesBr/status/460474241184321537

Entrevista, em inglês, com o Homem-Aranha

Confira o Tweet de @SonyPicturesBr: https://twitter.com/SonyPicturesBr/status/460473795552485376

quarta-feira, 23 de abril de 2014

"Inatividade Paranormal 2" - um primeiro filme ruim com uma sequência ainda pior

Marlon Wayans repete seu personagem assombrado por espíritos do mal (Fotos: Playarte/Divulgação)

Maristela Bretas

Por que ainda deixam os irmãos Wayans fazerem comédias? A frase, dita pelo personagem Malcolm resume tudo o que representa "Inatividade Paranormal 2" ("A Haunted House 2"), que estreia nos cinemas nesta quinta-feira (24).

Um ano depois de produzir uma das piores sátiras do cinema - "Inatividade Paranormal" -, o ator, diretor, roteirista, e dono da produtora Marlon Wayans se superou. Este segundo filme é muito ruim, não tem outra definição. E o pior é que corre o risco de fazer sucesso no Brasil como o primeiro.


Novamente, Wayans ("As Branquelas" e "Todo Mundo em Pânico") abusa dos gritinhos histéricos, trejeitos e caretas e apela para a sacanagem, consumo de drogas e palavrões, mesclados com piadinhas que só americanos conseguem rir.


Nesta sequência, após a morte da namorada Kisha (Essence Atkins, do primeiro filme), Malcolm muda de casa e recomeça a vida com outra mulher, Megan (Jaime Pressly, da série "Two And a Half Men"). 

Ela é mãe de uma adolescente que só pensa em transar com todos da escola e está possuída por um espírito diabólico, e de um garoto que tem um amigo invisível pervertido.

Isso sem falar na boneca Annabelle (imitação de "Invocação do Mal"), com quem Malcolm transa loucamente e depois não sabe como se livrar do brinquedo possessivo, do tipo "Atração Fatal". 


Se você procura esse tipo de produção, "Inatividade Paranormal 2", é o filme ideal. Chamar de comédia é forçar demais a inteligência. Fuja e gaste melhor o seu dinheiro. Ninguém merece!

Ficha técnica:
Direção: Michael Tiddes
Distribuição: Playarte Pictures
Duração: 1h27
Gênero: Comédia terror
País: EUA
Classificação: 12 anos

Nota: 0,5 (0 a 5)

Tags: Inatividade, Paranormal, Marlon Wayans, Playarte, comédia, Cinema no Escurinho

domingo, 20 de abril de 2014

Trailers de "X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido” prometem um grande filme



Magneto volta do passado para evitar a extinção dos mutantes (Fotos: Fox Film do Brasil)

Maristela Bretas

Wolverine e a turma dos X-Men estão de volta. Em "X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido” ("X-Men - Days of The Future Past"), com estreia marcada para 22 de maio, os personagens do passado (de “X-Men: Primeira Classe”) se unem aos do presente (apresentados em "X-Men 1 e 2") para evitar a destruição dos mutantes no futuro. 


E pelos trailers já divulgados pela Fox, o novo filme, com direção de Bryan Singer, promete ser um dos melhores da série, nascida nos quadrinhos da Marvel Comics.

Confira abaixo

Trailer 3 - legendado



Trailer 2 - legendado




Trailer 1- legendado



Trailer em inglês



Tags: Wolverine, X-Men, futuro esquecido, Fox Film do Brasil, Cinema no Escurinho

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Dica para quem não quer perder um bom filme

Para quem gosta de curtir um bom filme, uma dica é se cadastrar no Cineart Club e participar das promoções. Tem até cinema de graça por três meses. Vale conferir. O endereço é http://cineartclub.com.br?rf=3JV2. Participe

quinta-feira, 17 de abril de 2014

"Copa de Elite", uma comédia fraca feita por famosos

Marcos Veras e Julia Rabello nos papéis principais de "Copa de Elite" (Fotos: Fox Filmes do Brasil)

Maristela Bretas

Basta os produtores colocarem "jovens comediantes" de sucesso na internet e na TV nos papéis principais de um filme que ele cai nas graças dos jovens. É o caso de "Copa de Elite", que estreou nesta quinta-feira (17) nos cinemas e tem atraído esta faixa de público

No elenco, famosos do Youtube como Julia Rabello e Marcos Veras, do "Porta nos Fundos", e o apresentador do programa "Agora é Tarde", Rafinha Bastos. Para piorar, P R E P A R A! Tem até Anitta interpretando uma repórter de TV. Oh profissão desrespeitada!

E não para por aí: Bento Ribeiro (ex-MTV), faz o papel do médium Chico Xavier, Thammy Miranda (filha de Gretchen), é um presidiário (ela até ficou engraçada no papel), o canastrão Alexandre Frota como a mãe de Jorge Capitão, interpretado por Veras, e o também apresentador de TV, Bruno de Luca. E a moçada ainda acredita que a produção é boa. Ouvi vários adolescentes na faixa de 14 a 17 anos, na saída do cinema elogiando o filme.

Como comédia, "Copa de Elite" passa longe. O filme é fraco, com alusões sem graça a várias cenas e personagens de outras produções nacionais como "Tropa de Elite", "Se Eu Fosse Você", "Bruna Surfistinha", "A Mulher Invisível" e "De Pernas Para o Ar". Não convence mesmo.Veja o trailer abaixo.



O filme conta a história de faz Jorge Capitão, alusão ao capitão Nascimento, de "Tropa de Elite" que comanda o Bop (não está errado, é sem o "E" mesmo). Ele cai em desgraça ao salvar o artilheiro da Argentina de um sequestro às vésperas da final da Copa do Mundo contra o Brasil.

Além de tentar provar sua inocência, Capitão precisa salvar o papa durante o jogo no Rio de Janeiro. 
Nesse trabalho ele conta com a ajuda de Bia Capitão vai contar com a ajuda de Alpinistinha (interpretada por Rabello), na luta contra o vilão Renê Rodrigues, papel de Rafinha Bastos, que insiste em piadas de baixo nível (para não dizer pior).

As aparições do grupo Molejo são alguns dos bons momentos engraçados, assim como uma ou outra tirada de Jorge Capitão. No mais, dinheiro de ingresso jogado fora, com tantos filmes melhores nos cinemas.

Ficha técnica:
Direção: Vitor Brandt 
Produção: Glaz Entretenimento
Distribuição: Fox Filmes do Brasil
Duração: 1h39
Gênero: Comédia
País: Brasil
Classificação: 14 anos
Nota: 2 (0 a 5)

Tags: Copa de Elite, Marcos Veras, Julia Rabello, Rafinha Bastos, Fox Filmes do Brasil, comédia

terça-feira, 15 de abril de 2014

Nada muito "Divergente" do que já se viu

Ação, aventura e romance numa Chicago futurista comandada por facções (Fotos: Paris Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas

Alguns belos e famosos rostos do cinema já tentaram esta fórmula. Tom Cruise, Matt Damon. Mas a fórmula do futuro próximo da raça humana reduzida a um grupo que se isola por trás de um muro e há sempre um mocinho ou mocinha que se rebela já é conhecida por muitos. Alguns tiveram boa bilheteria, outros nem tanto.

Desta vez, a aposta é em "Divergente" ("Divergent"), que estreia nesta quinta-feira (17), dirigido por Neil Burger, com distribuição da Paris Filmes. A produção aposta no roteiro adaptado do romance best-seller homônimo de Veronica Roth, e primeiro de uma série da mesma autora, sucesso entre o público infanto-juvenil.

Como em outras obras que viraram temas de filmes, "Divergente" quer atrair os fãs do livro e mais alguns que curtem um romance água com açúcar e algumas porradas, ação e aventura - como "Jogos Vorazes", por exemplo. Mas não espere muito. 

Para quem não leu o livro, algumas explicações vão ficar no ar. Do tipo, como surgiram aquele mundo e as cinco facções que nele vivem - Franqueza, Erudição, Amizade, Abnegação e Audácia e os rebeldes divergentes? Como foi feita essa divisão de poder e funções? O que provocou a destruição do planeta que só deixou a cidade de Chicago de pé (ou quase)?

Veja o trailer original legendado



O filme conta a história de Tris Prior (Shailene Woodley, de "Os Descendentes"), que descobre ser uma divergente e precisa esconder esta condição para não ser morta. Nascida no grupo Abnegação, ela escolhe viver entre os membros da Audácia, responsável pela guarda da cidade e que passam a imagem de liberdade e pura aventura. Mas quando a jovem descobre que a facção é apenas um grupo com treinamento militar para manutenção do poder e destruição dos opositores, ela se rebela.


Além disso, precisa impedir uma tentativa de golpe no governo, comandada pela líder de uma das facções, Jeanine Matthews (Kate Winslet, de "Refém da Paixão") usando os soldados da Audácia. A única saída de Tris é confiar no seu chefe e treinador, o bonitão mas pouco expressivo Quattro (Theo James, de "Anjos da Noite - O Despertar") para impedir o ataque.

"Divergente" é um romance água com açúcar com um pouco mais de aventura. Mas passa a sensação de “Acho que já vi esse filme". Ideal para os fãs adolescentes da escritora, nada muito indicado a um público adulto.

A saga

Com um marketing forte e o sucesso da série escrita por Veronica Roth, já estão programadas as filmagens dos outros dois livros, também na escala entre os mais lidos. 

O segundo da lista a ganhar as telas é "insurgente", que começa a ser filmado no próximo mês, com lançamento previsto para março de 2015 nos EUA. O terceiro e último da trilogia, para alegria dos fãs, será "Convergente”, com estreia em março de 2016, também nos EUA.

Ficha técnica
Diretor: Neil Burger
Duração: 2h19
Distribuição: Paris Filmes
Gêneros: Romance/Aventura/Ficção
Classificação: 14 anos
País: EUA
Nota: 3,0 (de 0 a 5)

Tags: Divergente, Paris Filmes, Audácia, Abnegação, Franqueza, Erudição, Amizade, Veronica Roth, Shailene Woodley, Cinema no Escurinho


sexta-feira, 11 de abril de 2014

#ExijoSaber o que vai acontecer no dia 15 de maio

Arte de divulgação do filme "Godzilla", produzido pela Warner Pictures e Legendary Pictures

Maristela Bretas

#ExijoSaber. Você sabe o que isso significa? Pois no dia 15 de maio, a Warner promete contar tudo com o lançamento de "Godzilla". Até lá, a produtora disponibilizou nas redes sociais cinco vídeos legendados e uma arte especial para promover o longa. Os vídeos focam na busca pela verdade por trás da destruição das cidades. 

Veja o trailer estendido



Um dos monstros mais famosos do cinema, que encantou gerações passadas e promete atrair novos fãs invade as telas do cinema no dia 15 de maio. 
"Godzilla", renasce pelas mãos de Gareth Edwards, com produção da Warner Bros. Pictures e Legendary Pictures. E já chega destruindo tudo o que vê pela frente. 

Arte especial do filme


 Desta vez, o gigante pré-histórico sai do mar para atacar cidades, numa espécie de vingança contra os homens e suas armas atômicas. 

Ele mesmo é o resultado de testes nucleares, que lhe deram tamanho, força descomunal e a aparência de um dinossauro. 

Para defender a população mundial, surge o mocinho Ford Brody (Aaron Taylor-Johnson, de "Kick Ass - Quebrando Tudo"), um soldado que integra as forças militares que tentarão destruir o mostro.



Ele vai contar com a ajuda do pai, o cientista Joe Brody (interpretado pelo ganhador do Emmy e do Globo de Ouro deste ano, Bryan Cranston, o Walter White, da aclamada série de TV "Breaking Bad").



O filme pode ser enquadrado em vários gêneros - cinema-catátrofe, ficção, aventura. 

Não importa. Valem os efeitos especiais, gigantescos como o personagem.

O elenco tem ainda outros nomes conhecidos como Ken Watanabe ("O Último Samurai"), Elizabeth Olsen ("Martha Marcy May Marlene"), Juliette Binoche ("O Paciente Inglês"), Sally Hawkins ("Blue Jasmine") e David Strathairn ("O Legado Bourne").



O filme está previsto para ser apresentado nas versões 3D, 2D e IMAX, com cópias dubladas e legendadas.

Tags: Godzilla, Bryan Cranston, Aaron Taylor-Johnson, #ExijoSaber, #godzillaofilme, Warner Bros. Pictures, Legendary Pictures, Cinema no Escurinho



quinta-feira, 10 de abril de 2014

"Capitão América 2: O Soldado Invernal", a aposta acertada dos estúdios Marvel

Capitão América volta às telas numa versão melhor e com efeitos especiais incríveis (Fotos: Marvel/Divulgação)

Maristela Bretas

Um dos melhores filmes com personagens da Marvel Comics produzidos nos últimos tempos, estreia nesta quinta-feira (10) nos cinemas "Capitão América 2: O Soldado Invernal" ("Captain America: The Winter Soldier"). Depois do primeiro e fraco "Capitão América - O Primeiro Vingador", o famoso super-herói ganha vida,muita agilidade e efeitos especiais incríveis nas versões 2D e 3D.


Em alguns momentos, chega a ser superior a outra grande produção do estúdio - "Os Vingadores", de 2012.  Tiros, explosões, altas perseguições e muita luta vão tomar conta da tela durante todo o filme.

Trailer da versão legendada



Steve Rogers (Chris Evans) segue seu trabalho na agência S.H.I.E.L.D, juntamente com Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), também conhecida como Viúva Negra, ambos do filme "Os Vingadores".


Já se passaram dois anos desde os ataques a Nova York quando se juntou ao grupo e ele ainda tenta se acostumar com o fato de que foi descongelado décadas depois de seu tempo. Steve Rogers agora questiona as mudanças sofridas por seu país nos dias atuais, que vive sob a ameaça de atentados terroristas.


Desta vez, uma conspiração dentro da agência de espionagem põe em risco a vida do chefe Nick Fury (Samuel L. Jackson) e toda a Terra. A dupla passa também a ser perseguida e só pode contar com um novo integrante - o Falcão (Anthony Mackie). 



Como se não bastasse a crise interna na S.H.I.E.L.D , eles ganham um novo e poderoso inimigo, conhecido como Soldado Invernal (Sebastian Stan), vindo do passado, assim como o Capitão América.

O elenco conta ainda com o premiado ator Robert Redford ("Até o Fim"), no papel do agente Alexander Pierce, Cobie Smulders (a também agente Maria Hill, de "Os Vingadores"), Harley Atwell (Peggy Carter, a namorada do Capitão América no passado), Emily VanCamp (mais conhecida pela série de TV "Revenge"), no papel da agente 13 e Frank Grillo ("A Hora Mais Escura"), como o agente Brock Rumlow.


Assim como o primeiro, o filme é baseado na série de revistas em quadrinhos publicada pela primeira vez em 1941, "Capitão América 2: O Soldado Invernal", da Marvel Comics. 

A escolha dos diretores fez a diferença e os irmãos Anthony e Joe Russo, a partir de um roteiro de Christopher Markus & Stephen McFeely, acertaram a mão e fizeram um ótimo filme.


"Capitão América 2: O Soldado Invernal" é imperdível para quem gosta dos gêneros ação e aventura.

Fica aqui uma dica: para quem não quer pagar o caro ingresso nas salas 3D, a versão 2D atende perfeitamente e ainda sobra um troco para a pipoca.

Trailer da versão dublada



Ficha técnica:
Direção: Anthony Russo, Joe Russo
Produção: Estúdio Marvel 
Distribuição: Disney/Buena Vista
Duração: 2h08
Gênero: Aventura/Ação/Ficção 
País: EUA
Classificação: 12 anos

Tags: Capitão América 2, Soldado Invernal, Chris Evans, Natasha Romanoff, Scarlett Johansson, Nick Fury, Samuel L. Jackson, Escurinho do Cinema

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Em "Confia em Mim", Mateus Solano é o falso mocinho com pele de Félix

Os atores Fernanda Machado e Mateus Solano se reencontram em "Confia em Mim" (Fotos: Globo Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas

Estreia nesta quinta-feira (9), nos cinemas, a nova aposta do Mateus Solano, depois de viver de forma excelente o papel de Félix, em "Amor à Vida". E pelo visto o ator gostou dos trejeitos do vilão que depois virou bonzinho.

Em "Confia em Mim", dirigido por Michel Tikhomiroff, Solano divide a atuação principal com Fernanda Machado, que interpretou o papel de Leila na mesma novela global exibida em 2013. Por sinal, as produções da novela e do filme ocorreram na mesma época.  



Conduzido de forma simples, o filme consegue manter um certo suspense até o final e não desagrada por completo. Ao contrário de muitas produções brasileiras que têm passado pelas telas de cinema nos últimos tempos.

O filme conta a história de Mari (Fernanda Machado), uma brilhante chef de cozinha que sonha em ter o próprio restaurante e sofre com as constantes críticas do chefe. Numa degustação de vinhos, ela conhece Caio (Solano) e se apaixona por ele. 

Mari deixa que o empresário tome conta de sua vida financeira, sem saber nada sobre ele, Até que ele desaparece e deixa a jovem iludida a ver navios. O suspense começa a valer a partir dai. Diretor e atores conseguem conduzir direitinho a trama, até o desfecho da história, sem pretensões de uma superprodução.

Ficha técnica:
Direção: Michel Tikhomiroff
Produção: Globo Filmes
Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes 
Duração: 1h25
Gênero: Suspense
País: Brasil
Classificação: 12 anos
Nota: 2,5 (0 a 5)

Tags: Confia em Mim, Mateus Solano, Fernanda Machado, Globo Filmes, Cinema no Escurinho

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Uma homenagem ao grande José Wilker


José Wilker deixa um legado de mais de 40 filmes e dezenas de novelas (Foto: Divulgação)

Maristela Bretas

A teledramaturgia brasileira perdeu, neste fim de semana, um de seus maiores representantes. Aos 67 anos, morreu José Wilker. Para alguns, o "Roque Santeiro". Para outros, "Giovanni Improtta", ou o safado sedutor "Vadinho".

Anos se passaram desde as estripulias de um ator mambembe em "Bye Bye Brasil", ao marido vivo de uma viúva fogosa em "Roque Santeiro". Até chegar ao bicheiro que nunca se cansava de amar sua batalhadora "Senhora do Destino". 


Sinhozinho Malta, Viúva Porcina e Roque Santeiro (Foto: Divulgação)

O coração, sempre pulsando forte em cada personagem, pregou uma peça no sábado nesse cearense "arretado", que adotou o Rio de Janeiro como seu lar desde a juventude. Fica aqui um grande vazio, mas com certeza, Wilker deixou sua marca, no cinema, nas novelas e no teatro.


Cena do filme "Giovanni Improtta", de 2013 (Foto: Sony Pictures/Divulgação)

Bye, bye querido Lorde Cigano, Mundinho Falcão, Vadinho, Antônio Conselheiro, Zeca Diabo, Coronel Jesuíno, Giovanni Improtta. Como diria o grande prefeito Odorico Paraguaçu, segue seu caminho, "de alma lavada e enxaguada". Você foi "felomenal"!

Tags: José Wilker, Vadinho, Giovanni Improtta, Lorde Cigano, Zeca Diabo, teatro, novelas, Cinema no Escurinho

Morre aos 93 anos o ator norte-americano Mickey Rooney

(Foto: Divulgação)


Maristela Bretas

Final de semana triste para o cinema. Depois do grande ator e diretor José Wilker, que faleceu sábado aos 66 anos, morreu neste domingo, em Los Angeles, o ator Mickey Rooney, de 93 anos. A causa da morte não foi informada.

Famoso por filmes nas décadas de 30 e 40, Rooney foi nomeado quatro vezes ao Oscar e ganhou a estatueta duas vezes. Participou de mais de 150 filmes, sendo os mais recentes "Trovão Tropical", em 2008, e "Uma Noite no Museu", em 2006.

Tags: Mickey Rooney, morte, Hollywood, Cinema no Escurinho

Tom Cruise vive, morre e começa tudo de novo em "No Limite do Amanhã"

Tom Cruise e Emily Blunt morrem e recomeçam todo dia a luta contra alienígenas (Foto: Warner Bros. Pictures/Divulgação)

Maristela Bretas

Em 29 de maio, Tom Cruise está de volta, desta vez acompanhado de Emily Blunt, no filme de ação "No Limite do Amanhã" nova produção sobre a dominação do mundo por alienígenas num futuro próximo.

O segundo trailer legendado do longa foi divulgado pela Warner com cenas emocionantes do ataque à Terra. Dirigido por Doug Liman (“Identidade Bourne”, “Sr. E Sra. Smith”) e baseado no livro "All You Need is Kill", o filme traz Cruise fazendo novamente a linha de salvador do planeta e lutando contra os ETs, como aconteceu em "Guerra dos Mundos". O filme será exibido em 2D, 3D e IMAX 

Novo trailer oficial




Desta vez, ele é o major Bill Cage, um oficial que nunca participou de um combate e que é, de repente, destacado para uma missão suicida. Morto alguns minutos após o início da missão, ele acaba sempre retornando ao ponto onde tudo começou. 

E com a ajuda da guerreira das Forças Especiais Rita Vrataski (Blunt), eles vão melhorando o contra-ataque aos invasores.

Confira também o primeiro trailer oficial


Tags: No Limite do Amanhã, Tom Cruise, Emily Blunt, Warner, alienígenas, Cinema no Escurinho

sábado, 5 de abril de 2014

Prepare-se: BH será atingida por tornados em agosto


Num só dia uma série de tornados destrói uma cidade dos EUA (Fotos; Warner/Divulgação)

Maristela Bretas

Se você achava que o filme "Twister" tinha cenas  bem feitas, não sabe o que está por vir. No dia 28 de agosto, estreia  nos cinemas "No Olho do Tornado" ("Into the Storm"), uma superprodução que promete fazer um verdadeiro estrago e mostrar que a natureza não está para brincadeira.

A Warner divulgou o primeiro trailer, que dá uma pequena amostra do que vem por aí. Confira abaixo.



Dirigido por Steven Quale (“Premonição 5”), "No Olho do Tornado" mostra a destruição e o pânico causados por uma série de ciclones que atingem, num só dia, a cidade de Silverton, nos EUA, é devastada por um ataque sem precedentes de tornados. 


Enquanto uns procuram abrigo, os caçadores de tempestades correm atrás de cada vórtice para não perderem a grande oportunidade, mas sabem que o pior está por vir. O filme é contado pela perspectiva deles.

No elenco estão Richard Armitage (“O Hobbit), Sarah Wayne Callies (série de TV “The Walking Dead”), Matt Walsh (“Ted”), Alycia Debnam-Carey (“Where the Devil Hides”), Arlen Escarpeta (“Premonição 5”), entre outros. 

Tags: No Olho do Tornado, ciclones, tempestades, Warner Bros. Pictures, Richard Armitage, Escurinho, Cinema

sexta-feira, 4 de abril de 2014

"Noé", a história que o Velho Testamento não contou

"Noé" traz para o cinema uma das mais conhecidas histórias da Bíblia (Fotos: Paramount/Divulgação)

Maristela Bretas

Estreou nesta quinta-feira (3) nos cinemas de BH o filme "Noé" ("Noah"), megaprodução da Paramount Pictures que tem nos papéis principais os atores Russell Crowe ("Gladiador") e Jennifer Connelly ("Diamante de Sangue"). 

Dirigido por Darren Aronofsky, o filme mostra como começou a maldade do ser humano, a partir da tentação da maçã no paraíso que deixou em desgraça Adão, Eva e os filhos Caim, Abel e Set.

Noé, vivido por Crowe, é o último descendente de Set, e vive isolado com a família, evitando o contato e a vingança dos herdeiros de Caim, aquele que matou Abel. 

E são eles que espalham o que há de pior, vivendo do pecado e da violência, sob o comando de Tubal-Cain, papel de Ray Winstone que foi o grande diferencial na produção. 


Como punição, o Criador decide limpar a sujeira do mundo com um grande dilúvio. E escolhe Noé para salvar um par de cada espécie que irá repovoar o novo paraíso após o fim do temporal. Até aí tudo mundo sabe.

Mas o filme aprofunda mais na personalidade de Noé e sua obstinação em cumprir o que lhe foi predestinado por Deus, levando-o quase à loucura e a ameaçar a própria família. E essa abordagem do diretor  já provocou muita polêmica e até a proibição de exibição do filme em alguns países.

Assista ao trailer legendado



Jennifer Connelly interpreta Naameh, mulher de Noé, que vive para o marido e os três filhos - Cam (Logan Lerman, da série "Percy Jackson"), Shem (Douglas Booth) e Jefé. No elenco, destaque ainda para Emma Watson (da série Harry Potter"), a nora Ila de Noé, e Anthony Hopkins ("Thor 1 e 2"), o simpático avô e conselheiro Matusalém. 


A Paramount usou a receita certa - ótimos atores e grandes efeitos especiais. Tudo isso reunido numa produção de US$ 125 milhões que vale a pena ser conferida, de preferência em 3D.

Mas fica aqui uma dúvida: onde Noé conseguiu a calça, semelhante a um jeans, que ele usa em uma das cenas finais? 

Ficha técnica:
Direção: Darren Aronofsky
Produção: Paramount Pictures
Distribuição: Paramount Pictures
Duração: 2h18
Gênero: Aventura/Épico
País: EUA
Classificação: 14 anos
Nota: 4,5 (0 a 5)

Tags: Noé, Russell Crowe, Jennifer Connelly, Darren Aronofsky, Emma Watson, Anthony Hopkins, Paramount Pictures, Escurinho, Cinema