quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Enquanto não chega o próximo James Bond, vale conferir "November Man - Um Espião Nunca Morre"


Pierce Brosnan é o ex-agente da CIA, Peter Devereaux, chamado para mais uma missão (fotos: Playarte Pictures/Divulgação)
 
 Maristela Bretas

Pierce Brosnan não se esqueceu do estilo agente secreto a serviço da Rainha e volta com sua permissão para matar, agora atuando para o outro lado. Para aqueles que curtem um filme de espionagem, "November Man - Um espião nunca morre" ("November Man"), pode agradar por suas cenas de perseguição, tiroteios e acordos escusos, bem na linha Bond, James Bond.




Aproveitando bem sua experiência como 007 (interpretou o papel em cinco filmes da franquia), Brosnan desta vez é Peter Devereaux, um espião da CIA que é responsável pelo treinamento do novato David Mason (Luke Bracey). Uma lição malsucedida, em Montenegro, no ano de 2008, faz com que ele se afaste da espionagem e crie uma nova vida na Suíça.


Cinco anos depois, Peter é procurado por seu antigo chefe, John Hanley (Bill Smitrovich), para resgatar na Rússia uma velha amiga, a agente Lucy (Tara Jevrosimovic). 

Ela trabalha infiltrada, espionando o general Arkady Federov (Lazar Ristovski), recém-eleito presidente do país. Ao chegar ao país, descobre que sua amiga tem informações que ameaçam muitos poderosos. 

Ele também terá de enfrentar seu antigo pupilo Mason e proteger uma testemunha-chave, Alice Fournier (Olga Kurylenko) , que poderá mudar toda a história. 

A atriz contracenou com Daniel Craig em "Quantum of Solace", 22º filme da franquia "007". "November Man" é baseado no livro "There Are No Spies", de Bill Granger, que também participou do roteiro do longa.


Ficha técnica:
Direção: Toger Donaldson
Distribuição: Playarte Pictures
Duração: 1h48
Gênero: Ação/Espionagem
País: EUA
Classificação: 16 anos
Nota: 3 (0 a 5)


Tags: November Man - Um Espião Nunca Morre"; Pierce Brosnan; Olga Kurylenko; Playarte Pictures; James Bond; ; Ação; Espionagem; Cinema no Escurinho