domingo, 3 de maio de 2015

"Vingadores: Era de Ultron" é melhor que o primeiro em tudo

"Vingadores: Era de Ultron" traz o elenco completo do filme anterior e um supervilão robótico que quer destruir a raça humana (Fotos: Marvel Studios/Divulgação)

Maristela Bretas


Demorou mas saiu. E com nota 10. "Os Vingadores: Era de Ultron" ("The Avengers: Age of Ultron") faz jus a toda a campanha de marketing que antecipou a estreia no cinema. Ação e pancadaria do início ao fim, excelentes efeitos especiais, história bem conduzida pelo diretor Joss Whedon, super-heróis fortes, fracos, engraçados e até românticos nas horas certas. Enfim, a diversão esperada que merece ser vista. Sem dúvida, o segundo filme é melhor que o primeiro.

Se antes o "piadista" do grupo era Tony Stark/Homem de Ferro, agora até Thor solta suas "pérolas", que acabam engraçadas, pois o Senhor de Asgard não tem o menor jeito prá coisa. O bonitão, mas "muito certinho" Capitão América também alivia um pouco no comportamento, mas não deixa de ser o "líder" da turma superpoderosa que nunca perde a pose.

A novidade de "Vingadores: Era de Ultron" é que desta vez rola um romance pouco convencional, mas que já era esperado desde o filme anterior - Bruce Banner/Hulk e Natasha Romanoff/Viúva Negra. O grandão verde se derrete todo quando fica perto da dama de preto megalutadora. Apesar de "um pouco diferentes", há química no casal e seria legal se isso fosse repetido em "Vingadores: Guerra Infinita", previsto para ter sua a primeira parte exibida a partir de maio de 2018.

Mas as novidades não param por aí. James Spader deu uma parada em "The Blacklist" para emprestar sua atraente e sinistra voz ao robô (quase humano) Ultron. Ele é o grande diferencial do filme e arrasa como vilão, mesmo sem aparecer. 


Ele ganha dois estreantes na franquia para serem seus auxiliares no plano de destruir a Terra: os irmãos Wanda (Elizabeth Olsen) e Pietro (Aaron Taylor-Johnson) Maximoff - ela é a Feiticeira Escarlate, com superpoderes telepáticos e controle da mente, enquanto ele, Mercúrio, tem supervelocidade. A dupla garante boas batalhas contra os Vingadores.

"Vingadores: Era de Ultron" tem novamente em seu elenco Robert  Downey Jr. (Homem de Ferro), Chris Evans (Capitão América), Chris Hemsworth (Thor) e Mark Ruffalo (Hulk), Scarlett Johansson (Viúva Negra) e Jeremy Renner (Gavião Arqueiro). Este último, por sinal, vem com uma novidade que agrada e confirma ser ele o mais comum dos heróis.

Outros conhecidos de franquias Marvel voltam para dar uma forcinha ao grupo - Samuel L. Jackson (Nick Fury), Cobie Smulders (agente Maria Hill  ), além de parceiros dos Vingadores como Don Cheadle (Máquina de Combate, de "Homem de Ferro 2 e 3" ), Anthony Mackie (Falcão, de "Capitão América 2") e Idris Elba (Heimdall, de "Thor 1 e 2").



Neste filme, Tony Stark planeja proteger a Terra construindo um sistema de Inteligência Artificial, juntamente com Bruce Banner. Mas o projeto ganha vida própria e se transforma em Ultron, um robô que vê na extinção da raça humana a única solução para a paz mundial. O erro de Stark também pode separar o grupo dos Vingadores.

Imperdível para quem curte estes super-heróis da Marvel Comics. Os estúdios acertaram no investimento. Que venham os próximos, tão bom quanto este. O filme pode ser conferido em 46 salas de cinemas de 19 shoppings de BH, Contagem e Betim, nas versões 2D e 3D.

Ficha técnica:
Direção e roteiro: Joss Whedon
Produção: Marvel Studios
Distribuição: Disney/Buena Vista
Duração: 2h22
Gênero: Aventura/ ação
País: EUA
Classificação: 12 anos
Nota: 5 (0 a 5)



Tags: Vingadores: Era de Ultron; Marvel;  Robert Downey Jr.; Homem de Ferro; Chris Evans; Capitão América; Chris Hemsworth; Thor; Mark Ruffalo; Hulk; Scarlett Johansson; Viúva Negra; Jeremy Renner; Gavião Arqueiro; Samuel L. Jackson; Aventura;  Cinema no Escurinho