segunda-feira, 16 de julho de 2018

"Ilha dos Cachorros", animação sobre amizade e lealdade que encanta

História de jovem e seu cão é dividida em capítulos, como num livro, que narração e dublagens de atores famosos (Fotos: 20th Century Fox/Divulgação)

Maristela Bretas


Feito em stop motion, "Ilha dos Cachorros" ("Isle of Dogs") é uma animação de arte, roteirizada, dirigida e produzida por Wes Anderson, também responsável por "O Grande Hotel Budapeste" (2014). A história, apesar de simples, explora essencialmente o lado emocional - a relação de um garoto órfão de 12 anos que tenta encontrar o melhor amigo, seu cão. Narrado como uma obra literária, o filme é dividido em capítulos, com os animais falando em inglês e os seres humanos em japonês.


O cachorro, como outros milhares de sua espécie, é abandonado numa ilha que serve de depósito de lixo da cidade de Megasaki, administrada pelo corrupto prefeito Kobayashi, pai adotivo de Atari, dono do animal. O jovem, inconformado com a separação, rouba um pequeno jato e vai procurá-lo. Na ilha, Atari (voz do ator mirim nipo-britânico Koyu Rankin) descobre uma realidade totalmente diferente da que foi apresentada aos demais donos de cães quando o prefeito resolveu bani-los de sua cidade, alegando que transmitiam para os humanos uma doença incurável.


Animais maltratados, sujos, famintos, disputando restos de comida, alguns já descrentes de seus donos, outros ainda esperançosos de que um dia serão resgatados e voltarão para suas rotinas caseiras. A chegada de Atari, único ser humano na Ilha dos Cachorros depois de um longo tempo, desencadeia uma série de reações e emoções em seus habitantes. Mas é em Chief (dublado por Bryan Cranston), líder de uma das matilhas, que acontece a maior mudança. Arredio, descrente e se sentindo traído pelos amigos que passam a ajudar Atari a encontrar seu cão Spots (Liev Schreiber), Chief aos poucos começa a redescobrir sentimentos há muito esquecidos.


E são nos momentos entre ele e Atari durante as buscas, que a emoção e a união se sobressaem. Já os diálogos e cenas divertidas ficam por conta da turma de amigos caninos - Boss, Rex, Duke e King, dublados por Bill Murray, Edward Norton, Jeff Goldblum e Bob Balaban, respectivamente. O elenco de dubladores ainda conta com a participação de outros famosos de Hollywood - Frances McDormand, Greta Gerwig, Scarlett Johansson, F. Murray Abraham, Harvey Keitel, Tilda Swinton e até mesmo Yoko Ono, emprestando a voz à assistente de um cientista japonês.


"Ilha dos Cachorros" é uma animação com um traço bem diferente das produções de outros estúdios. Os desenhos são feitos à mão, o que dá encanto e beleza especial à produção. O filme também é faz duras críticas aos maus-tratos a animais e à corrupção por trás das medidas adotadas pelo prefeito que, como muitos políticos, também legisla em causa própria. Contestador e com uma bela mensagem, "Ilha dos Cachorros" é uma bela história de amizade e lealdade.



Ficha técnica:
Direção, roteiro e produção: Wes Anderson
Produção: American Empirical Pictures / Indian Paintbrush
Distribuição: Fox Film do Brasil
Duração: 1h42
Gêneros: Animação / Aventura
Países: Alemanha / EUA
Classificação: 12 anos
Nota: 3,5 (0 a 5)

Tags: #IlhadosCachorros, #IsleOfDogs, #Animacao, #Aventura, #20thCenturyFox, #FoxFilmdoBrasil, #CinemanoEscurinho