quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Programa Todas as Letras lança filme feito com crianças de Congonhas e Ouro Preto

Documentário, desenvolvido pelo Museu de Congonhas, tem direção de Papoula Bicalho (Fotos: Eliane Gouveia/Divulgação)

Da Redação


O projeto Museu de Congonhas - Programa Educativo Todas as Letras, finaliza as atividades de 2019 com o lançamento do filme “Difícil é não brincar” com direção de Papoula Bicalho. O documentário, produzido entre março e outubro deste ano, traz em 34 minutos, a alegria, os sonhos e as reflexões dos alunos das escolas municipais de Ouro Preto, Celina Cruz e Monsenhor Rafael, e da Escola Municipal Amynthas Jacques de Moraes, que fica no distrito de Lobo Leite, em Congonhas. 


As primeiras exibições serão nas instituições de ensino hoje, às 19 horas, no distrito de Lobo Leite, e  amanhã, às 10 e às 19 horas, nos distritos de Miguel Burnier e Mota, respectivamente. Os protagonistas, familiares, educadores e a comunidade local serão os primeiros a prestigiar o filme que também será exibido no Museu de Congonhas, dia 14 de novembro, (quinta-feira), às 9 horas, com entrada gratuita. O projeto tem o patrocínio da Gerdau e apoio Cultural do Museu de Congonhas, das secretarias de Educação de Congonhas e de Ouro Preto e realização da Luz Comunicação. .

"Difícil é não brincar" é uma viagem pelo universo das crianças por meio das brincadeiras que inventam, mostrando que é brincando que elas liberam seu imaginário e se reinventam continuamente. Então, conhecer essas crianças é também levantar a questão: por que o adulto para de brincar, se é tão mais difícil não brincar?", revela Papoula Bicalho. 



Tags: #DifícilÉNãoBrincar, #ProgramaEducativoTodasAsLetras, #MuseuDeCongonhas, #PapoulaBicalho, #LuzComunicacao, #Gerdau, #OuroPreto, @cinemaescurinho, @cinemanescurinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário