domingo, 25 de janeiro de 2015

A grandeza de um "Minúsculo" mundo


"Minúsculos" é uma encantadora forma de mostrar o invisível e nem sempre tranquilo mundo dos insetos (Fotos: Paris Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas


Poderia ser apenas mais uma animação sobre insetos, formiguinhas e joaninhas. Mas sem que haja necessidade de palavras, "Minúsculos - O Filme" ("Minuscule - La vallée des fourmis perdues") encanta e diverte. Se engana quem acha que é mais um filme na linha "Vida de Inseto".


Reunindo recursos gráficos e belas paisagens de montanhas e florestas francesas, o diretor extraiu uma história de coragem, amizade e confiança, envolvendo um filhote de joaninha (com direito a carapaça vermelha com bolinhas pretas e olhos grandes) e uma formiga também preta, com grandes antenas e olhos esbugalhados, bem mais divertidas que aquelas que a gente vê andando pelo jardim e nem liga.


Isolados eles são só mais alguns insetos, mas quando se juntam, a joaninha e a formiga com seu grupo podem viver grandes aventuras e enfrentar perigosos inimigos, cada um com seu estilo e um comportamento quase humano.

A história de "Minúsculos" (também em versão 3D) começa quando restos de um piquenique são abandonados na clareira de uma floresta e os invisíveis bichinhos passam a disputar cada migalha. E é nesse local que, ao tentar garantir sua parte na farra gastronômica, que joaninha conhece formiga e seu grupo. Nasce daí uma grande amizade.

Na dura e perigosa jornada de volta ao formigueiro, no entanto, elas terão de enfrentar colônias de formigas vermelhas rivais, obcecadas por um mesmo troféu: uma caixa de cubos de açúcar.

E este corajoso grupo terá agora de tentar salvar toda a colônia da invasão das terríveis guerreirasvermelhas. E a luta não deixa por menos, com direito a ataques semelhantes aos de filmes de cavaleiros medievaise explosões capazes de deixar "Os Mercenários" com inveja de tamanha organização. Coisa de formiga.

Após dois adiamentos - estava previsto para estrear em 13 de novembro, depois 25 de dezembro - finalmente "Minúsculos", dirigido por Thomas Szabo e Hélène Giraud, entrou em cartaz nesta quinta-feira (22) e merece ser visto por público de todas as idades. Encantador, com belas mensagens transmitidas por ações, sem a necessidade de palavras, apenas dos sons de nossos amiguinhos.

Ficha técnica:
Direção: Thomas Szabo e Hélène Giraud
Produção: Futurikon
Distribuição: Paris Films
Duração: 1h29
Gênero: Animação/Aventura/Família
País: França/ Bélgica
Classificação: Livre
Nota: 5 (0 a 5)



Tags: Minúsculos; Paris Filmes; Thomas Szabo; Hélène Giraud; Animação, Família, joaninha; formigas pretas; formigas vermelhas; França; Bélgica; Cinema no Escurinho