quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Um bom filme para encerrar uma trilogia de sucesso nas bilheterias

"Busca Implacável 3" garantiu a Liam Nesson um salário de U$ 20 milhões (Fotos: Fox Film/Divulgação)

Maristela Bretas


Uma trilogia de sucesso na categoria de filmes de ação e suspense. Assim pode ser definida a franquia "Busca Implacável", que estreou nos cinemas o último filme. Com um orçamento de US$ 43 milhões (já faturou mais de US$ 160 milhões nos dois primeiros finais de semana nos cinemas pelo mundo), "Busca Implacável 3" ("Taken 3") deve estourar nas bilheterias. Como aconteceu com seus antecessores - o primeiro (2008) custou US$ 25 milhões e rendeu US$ 226 milhões, e o segundo (2012), orçado em U$ 45 milhões, faturou US$ 376 milhões.




E todos saem ganhando - que o diga Liam Nesson, que só aceitou voltar ao papel do ex-agente da CIA, Bryan Mills, na terceira produção por um "módico" salário de U$ 20 milhões, colocando-o na lista dos mais bem pagos de Hollywood.

Para quem gosta de muita ação, tiros, explosões e cenas de perseguição com uma câmera insana que não para (algumas vezes fica até difícil de acompanhar), vale a pena assistir. Dá para sacar de cara quem é o vilão, mas nem por isso o filme é ruim ou fica desinteressante.


Desta vez, o ex-agente quer se dedicar à família, levar uma vida pacata e ser um pai mais presente. Mas a morte da ex-esposa Lenore (Famke Janssen) e a acusação de ser o assassino o coloca na mira de um delegado linha dura (papel de Forest Whitaker), que faz uma verdadeira caçada para pegá-lo. Mills se junta a velhos amigos (alguns do primeiro filme) para proteger a filha Kim (Maggie Grace) e provar sua inocência.



Outros filmes da franquia

Como nos outros dois filmes, o roteiro é de Luc Besson e Robert Mark Kamen e, novamente, a direção fica a cargo de Olivier Megaton, que cuidou do segundo. Recomendo assistir aos anteriores (o segundo é o melhor deles), disponíveis em DVD e Blu-Ray.

No primeiro, dirigido por Pierre Morel, Liam Nesson virou meio mundo para encontrar sua filha que passeava com uma amiga em Paris e foi levada por traficantes de jovens para serem vendidas como prostitutas no mercado negro. Ajudado por “velhos amigos" da CIA, ele usa toda sua experiência e armamento para descobrir onde era o cativeiro, salvar a filha e pegar cada um dos sequestradores albaneses.




Em "Busca Implacável 2", as famílias dos mortos do primeiro filme querem vingança e vão fazer de tudo para encontrar e acabar com Mills e sua família. E o palco desta batalha será Istambul, na Turquia, onde ele está a trabalho, como segurança de empresários, e aproveita ao final para tirar férias com a filha e retomar a relação com a ex-mulher. Desta vez, ele e Lenore são os sequestrados e ele precisará contar com a ajuda de Kim para salvá-los. A partir daí, Liam Nesson passou a estrelar outras boas produções do gênero.




Ficha técnica:
Direção: Olivier Megaton
Roteiro: Luc Besson e Robert Mark Kamen
Distribuição: Fox Films
Duração: 1h43
Gênero: Ação
País: França
Classificação: 14 anos
Nota: 3,5 (0 a 5)

Tags: Busca Implacável 3; Liam Nesson; Famke Janssen; Maggie Grace; Forest Whitaker; Olivier Megaton; Luc Besson; ação; Fox Films; Cinema no Escurinho