segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

“Laggies”: um drama sobre as imaturidades

Chloë Grace Moretz e Keira Knightley funcionam muito bem como uma dupla (Fotos: Divulgação)

Jean Pitter


Megan (Keira Knightley) é uma jovem que está mais perto dos 30 que dos 20. É irresponsável com seus compromissos de adulta e até mesmo um tanto imatura. Ela recebe um pedido de casamento e entra em crise. Inventa uma viagem e foge por uns dias. O apoio para passar por essa fase vem de alguém improvável, uma nova amiga, Annika (Chloë Grace Moretz), adolescente e não menos problemática. 

Esse é o novo filme da diretora Lynn Shelton, que recebeu um nome curioso: “Laggies”. Como ela mesma explicou em entrevistas, trata-se de uma expressão incomum da região de Seattle (EUA), usada para nomear pessoas que estão sempre atrasadas, não só nos horários, mas na vida. No Brasil, o título, até o momento, será “Encalhados”, que nada tem a ver com a história. 

É um drama leve, que aborda problemas comuns na vida das pessoas. De comédia há pouco. E só um pouquinho de romance. Keira, pra variar, continua mantendo suas atuações em algo nível. Ela consegue se passar por uma amiga sem noção, que faz piadas pouco convenientes e que, na maioria das vezes, só ela entende e acha graça. Chloë não fica pra trás. As duas, por sinal, funcionam muito bem como uma dupla. No filme, elas se ajudam para enfrentar seus problemas. 

Keira é a mulher que não sabe o que fazer da vida, com o que vai trabalhar e se vai aceitar o pedido de casamento. É mimada pelo pai e pressionada pela mãe e pelas amigas. 

Chloë é a adolescente filha de pais separados, esperta, inteligente, madura pra sua faixa etária, e que se dá ao luxo de curtir irresponsabilidades com seus amigos. Keira é a amiga mais velha que toda adolescente quer ter. Chloë é a amiga adolescente que toda adulta quer ter como admiradora. Os papeis se completam. As atuações têm sintonia. 

Lynn Shelton coloca drama na medida certa. Ela cria situações possíveis, que podem parecer clichês. Seus personagens são complexos na medida certa. Até os coadjuvantes. 

Há quem possa dizer que se trata de um filme fraco por não ter momentos elevados de emoção, por não ter acontecimentos fantásticos. Ou que seja lento. Mas não é. Tem Sam Rockwell mandando muito bem. E Mark Webber marcando presença. Vale muito o ingresso. Não há previsão de lançamento no Brasil. 

Ficha técnica:
Direção: Lynn Shelton
Produção: PalmStar Entertainment / The Solution Entertainment Group
Distribuição: indefinida
Duração: 1h40
Gênero: Drama, Comédia, Romance 
País: EUA 
Classificação: indefinida
Nota: 4,0 (0 a 5)

Tags: Laggies; Encalhadas; Keira Knightley; Chloë Grace Moretz; Lynn Shelton; Sam Rockwell; comédia; drama; Cinema no Escurinho