sexta-feira, 9 de setembro de 2016

"Um Namorado para Minha Mulher" é refilmagem divertida de comédia argentina


Caco Ciocler e Ingrid Guimarães formam o par romântico de comédia nacional (Fotos: Paris Filmes/Distribuição)

Maristela Bretas


Fazer refilmagem de filmes passados não é nenhuma novidade no cinema nacional. E "Um Namorado para Minha Mulher" (um filme de 2014, mas lançado somente agora) não fugiu à regra: é cópia da também comédia romântica argentina (tinha que ser dos "hermanos"?), "Um Namorado para Minha Esposa" (2008), que é muito divertido. Mas o nosso não ficou para trás. Ingrid Guimarães está ótima no papel de Nena, uma profissional desempregada cheia de neuras e desagradavelmente mal-humorada, para desespero de seu marido Chico, vivido por Caco Ciocler.

A história é exatamente a mesma, inclusive com o diálogo sobre os signos, um dos mais ácidos de Nena e Chico. E é toda esta acidez que faz o maridão, até então um apaixonado pela mulher com quem vive há 15 anos, pensar em se separar dela. Quanto mais amarga e desagradável Nena vai se tornando, maior é a vontade de Chico de pular fora do casamento.


Incentivado pelos amigos do futebol e sem coragem de pedir o divórcio, ele resolve contratar um amante profissional para conquistar sua mulher. É nessa hora que entra em cena Corvo, interpretado pelo sem graça Domingos Montagner, um sedutor com cara de pinga com torresmo, um cabelinho cheio de cachos e uma roupas bem bregas que não convence a mais burra das mulheres.

A história se passa dentro desse estranho triângulo amoroso, com situações bem divertidas, a maioria delas graças a Ingrid, que vem se destacando a cada comédia - um bom exemplo é "De Pernas pro Ar 1 e 2". Ela está ótima como a rabugenta Nena, que inferniza o bobalhão Chico, de Ciocler, que não precisava ter uma cara e uma postura tão idiota para fazer o papel.

Ainda no elenco estão Paulo Vilhena, como Gastão, chefe de Nena que vai dar corda para suas críticas duras ao cotidiano e às pessoas, Miá Mello, como Graça, melhor amiga da neurótica, e Marcos Veras, o amigo de Chico que não suporta Nena.

No mais, "Um Namorado para Minha Mulher" é divertido, tem cara de especial de TV, e apresenta Ingrid Guimarães como uma comediante cada vez melhor. O filme, dirigido por Julia Rezende (a mesma das comédias e "De Pernas pro Ar 2" e "Meu Passado Me Condena 1 e 2") tem atraído milhares de fãs pelo Brasil desde a sua estreia nos cinema. Vale a pena conferir. Em exibição em 21 salas de 18 shoppings de BH, Betim e Contagem.

P. S. - Por falar em crítica, endosso a opinião de alguns seguidores do Youtube. Os trailers estão ficando tão longos e mostrando tanto que acabam tirando a graça dos filmes. "Um Namorado para Minha Mulher" fez isso e ouvi muitos comentários de pessoas que falaram que estavam desistindo de ir ao cinema, pois já tinham visto a história quase toda no trailer. Acho que as distribuidoras deveriam rever esta estratégia de divulgação.




Ficha técnica:
Direção: Júlia Rezende
Produção: Paris Produções / Downtown Filmes / Globo Filmes / Miravista / Telecine Productions
Distribuição: Paris Filmes
Duração: 1h40
Gênero: Comédia
País: Brasil
Classificação: 12 anos
Nota: 3,5 (0 a 5)

Tags: #umnamoradoparaminhamulher, #ingridGuimaraes, #CacoCiocler, #DomingosMontagner, #PauloVilhena, #MiaMello, #Comedia, #ParisFilmes, #DowntownFilmes, #CinemanoEscurinho