segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Duro e comovente, "Querido Menino" fará você esquecer tudo o que viu sobre jovens drogados

Steve Carell e Timothèe Chalamet interpretam pai e filho vivendo o drama para vencer o vício que desestrutura toda a família (Fotos: François Duhamel/Amazon)

Mirtes Helena Scalioni


Há filmes, às vezes até fortes, dos quais a gente se esquece assim que sai do cinema ou, no máximo, no dia seguinte. Não é o caso de "Querido Menino" ("Beautiful Boy"), drama dirigido por Felix Van Groeningen, baseado em fatos reais. Possivelmente, durante algum tempo, o espectador vai refletir e tentar compreender a dor e a aflição daquele pai que faz o impossível para salvar o filho das drogas. Histórias sobre jovens drogados há muitas. Mas essa é diferente. E impacta de forma tão contundente exatamente porque não se limita ao maniqueísmo. Não há lições de moral, demonização, vilões nem mocinhos. Não há culpados nem inocentes. 

David Sheff é um jornalista e escritor bem sucedido que vive numa casa linda com sua segunda mulher Karen e três filhos: os dois menores, lindos e saudáveis, e o adolescente Nic, fruto do seu primeiro casamento com Vick. A vida seria um permanente comercial de margarina se Nic não tivesse se metido com drogas pesadas. O mais inesperado é que pai e filho vivem bem. Não brigam, são amorosos um com o outro, têm cumplicidade e afeto. Ou seja: ninguém errou. O menino foi bem criado, ia bem na escola, era amigo dos irmãos. A pergunta que fica é: como isso pode acontecer?

Essa é, aliás, a pergunta que David Sheff se faz durante todo o filme. O olhar e as expressões dele refletem isso. Numa interpretação mais do que brilhante de Steve Carell, esse pai que ama desesperadamente o filho é incansável nas inúmeras tentativas de recuperar o menino em suas repetidas recaídas. E a luta é árdua e longa. Tão longa que Nic é interpretado por dois atores, em duas fases da vida: Timothèe Chalamet quando adolescente, e Jack Dylan Grazer aos 12 anos. Ambos estão muito bem. E para quem não está ligando o nome à pessoa, vale lembrar que Chalamet foi o adolescente de "Me Chame Pelo Seu Nome", em atuação muito elogiada.

Embora o público costume valorizar a interpretação de drogados e malucos, no caso de "Querido Menino", os aplausos mais veementes são mesmo para Carell, que soube transmitir, com maestria e muita emoção, o sofrimento e as dúvidas do pai, às vezes paralisado diante de tanto cansaço e dor. Completam o elenco, Maura Tierney como Karen, Amy Ryan como Vick, mãe de Nic, e Kaitlyn Dever como Lauren, a amiguinha drogada.

Uma curiosidade: a expressão "beautiful boy" do título em inglês é uma referência à bela canção que John Lennon fez para o seu filho Sean. Em momento comovente do filme, ela é cantarolada pelo pai. Aliás, é preciso dizer, a trilha sonora do longa é expressiva e bela e pontua com perfeição os conflitos e dramas dos personagens.

"Querido Menino" é todo contado em flashbacks. Portanto, é aos poucos que o espectador vai costurando a relação do pai com o filho, vai compreendendo a estrutura daquela família tão comum quanto afetuosa e, claro, vai sofrendo como todos porque nada pode ser feito. É como uma fatalidade, da qual não se pode escapar. É como se não houvesse esperança.
Duração: 2h01
Classificação: 14 anos
Distribuição: Diamond Films


Tags: #QueridoMenino, #beautifulboy, @SteveCarell, @TimotheeChalamet, #drama, #drogas, @DiamondFilms, @cinemanoescurinho

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Cineart recebe Maisa Silva e Paula Pimenta para pré-estreia de "Cinderela Pop"

Atriz e autora do Best-seller que deu origem ao filme vão receber os fãs no Minas Shopping, dia 23 de fevereiro, antes da sessão (Fotos: Rodrigo Montenegro/Panorâmica Filmes)


A Cineart e o Minas Shopping realizam pré-estreia exclusiva do primeiro filme protagonizado pela estrela teen Maisa Silva: "Cinderela Pop". Inspirado em livro homônimo da autora mineira Paula Pimenta, o longa-metragem será exibido na Cineart do Minas Shopping, no dia 23 de fevereiro (sábado), a partir das 11h30, com a presença da atriz e da escritora. 

Antes da exibição, a partir das 10h30, Maisa vai posar para fotos com grupos de espectadores que apresentarem o ingresso, que pode ser adquirido por R$ 25,00 (inteira) ou R$ 12,50 (meia) no site www.cineart.com.br. A estreia oficial nos cinemas está marcada para o dia 28 de fevereiro.

O filme “Cinderela Pop”, dirigido por Bruno Garotti, retrata a vida da romântica adolescente Cíntia Dorella, vivida por Maisa Silva, que sonha em encontrar o namorado ideal, até descobrir uma traição de seu pai. Decepcionada com o amor, a jovem se muda para a casa da tia que, como uma fada madrinha, a incentiva a investir na carreira musical. A partir de então, sob a identidade misteriosa de Cinderela Pop, Cíntia mudará os rumos de sua própria vida.

Esse é o quinto longa-metragem da carreira de Maisa Silva. A atriz, que iniciou a vida artística aos 3 anos de idade, também atuou em "Carrossel" (2015), "Carrossel 2" (2016) e "Tudo Por Um Popstar" (2018). No elenco de "Cinderela Pop" também estão Giovanna Grigio, Filipe Bragança, Sérgio Malheiros, Fernanda Paes Leme, Marcelo Valle, Elisa Pinheiro, Isabel Filardis, Matheus Costa, Letícia Pedro e Miriam Freeland.

Para a coordenadora de marketing da Cineart, Ludmila Simão, é sempre importante aproximar os personagens do público. "Para a exibidora, pré-estreias com a presença de integrantes do filme trazem bons resultados de bilheteria e o público se sente prestigiado. Será uma alegria receber a Maisa Silva, que acumula fãs pelo Brasil e em Belo Horizonte, e também a Paula Pimenta, autora mineira do Best-seller e com muitos seguidores”, afirma.


Segundo a coordenadora de Marketing da Galeria Distribuidora, Thais Marinho, responsável pela distribuição de "Cinderela Pop", há boas expectativas para o evento na capital mineira. "Acreditamos que a sessão ajudará a alavancar ainda mais o filme", adianta. O gerente geral do Minas Shopping, Fábio Freitas, concorda com a previsão. "Esperamos que o lançamento seja um sucesso. É uma honra para o Minas Shopping ser escolhido como espaço para a pré-estreia de uma estrela tão querida pelo público juvenil", afirma.



Ficha técnica:
Direção: Bruno Garotti
Produção: Panorâmica Filmes
Duração: 1h40
Distribuição: Galeria Distribuidora / Miravista Pictures
Gêneros: Fantasia / Comédia / Romance
País: Brasil
Classificação: Livre

Tags: #CinderelaPop, #MaisaSilva, #PaulaPimenta, @cineart_cinemas, #comedia, #romance, #MinasShopping, @cinemanoescurinho