sábado, 15 de março de 2014

"Justin e a Espada da Coragem", a aposta de Banderas na animação

Justin quer se tornar cavaleiro e recebe treinamento de Sir Bluncher (Fotos: PlayArte/Divulgação)

Maristela Bretas

Uma opção a ser levada em conta para um cineminha de final de semana com as crianças é a animação "Justin e a Espada da Coragem" ("Justin & The Knights of Valour'). Produzido pelo astro e diretor Antonio Banderas e dirigido por Manuel Sicilia, o filme é voltado para o público infantil, mas peca em vários pontos.

Para quem se propõe a passar uma mensagem de coragem, bravura e determinação, a luta entre Justin e o vilão não precisava estimular tanto a violência, como já ocorre em tantos desenhos e games.

Confira o trailer oficial legendado




A produção não é ruim, mas ainda está longe da qualidade apresentada pelas norte-americanas, principalmente no quesito efeitos. Os movimentos são duros, sem vida ou inexistem para cabelos, barbas. Isso funciona para bloquinhos de Lego, que ganharam até mais vida.

Banderas fica a dever nestes pontos. No mais, a história agrada e o herói trapalhão Justin convence e pode até ganhar a admiração do público mirim. Um dos pontos engraçados é o crocodilo fantasiado de dragão, com asas postiças e cuspindo fogo. O "fortão" que faz sucesso com as mulheres também agrada e lembra "A Bela e a Fera", da Disney. 



Um crocodilo pouco convencional e muito medroso


A mocinha foge dos padrões de "Cinderela", que mora num castelo. Talya está mais para "Valente": trabalha num bar e luta melhor que muito homem.

Justin vive em um reino no qual os burocratas dominam e os cavaleiros estão fora de moda. Ele sempre quis ser um cavaleiro mas seu pai, o conselheiro-chefe da Rainha, quer que o filho siga seus passos e se torne um advogado. Em busca de ajuda, o garoto procura a avó e descobre a história de seu avô, Sir Roland, que um dia foi o mais nobre cavaleiro do reino e protetor do Rei, até que ambos foram traídos e mortos pelo terrível Sir Heraclio.


Dois ex-cavaleiros numa grande batalha - Sir Bluncher e Sir Heraclio


Contra o desejo de seu pai, Justin corre em busca de seus sonhos e começa sua jornada para tornar-se cavaleiro. Em seu caminho, ele vai conhecer a bela e independente Talia e três monges que vão se tornar seus mentores: Blucher, Legantir e Braulio. Quando Heraclio e seus homens retornam para ameaçar o reino, Justin terá que provar seu valor e tentar salvar o dia – exatamente como seu avô faria. 

Apesar das falhas, "Justin e A Espada da Coragem" não desagrada. No elenco, além de Banderas emprestam suas vozes Freddie Highmore, Mark Strong, Julie Walters, Alfred Molina e Rupert Everett.

Talya é boa de briga e vai ajudar Justin na luta contra o vilão

Ficha técnica:
Direção:
Manuel Sicilia
Produção: Kandor Graphics
Distribuição: PlayArte
Gênero: Animação/Aventura
País: Espanha
Classificação: Livre
Nota: 3 (escala de 0 a 5)


Tags: Justin, espada, coragem, animação, Antonio Banderas, Cinema, Escurinho