quarta-feira, 7 de maio de 2014

Judô é tema de filme com Caio Castro e Sabrina Sato

Caio Castro interpreta o papel do judoca Max Trombini (Fotos: Paris Filmes/Divulgação)

Maristela Bretas

A vida de Max Trombini, um dos grandes técnicos de judô do país, ganha as telas em "A Grande Vitória", que estreia nesta quinta-feira (8) nos cinemas de BH.


Interpretando o atleta olímpico está o ator Caio Castro, que faz par romântico com a ex-apresentadora do programa "Pânico na Band", Sabrina Sato.

O filme, baseado em fatos reais, começa na infância difícil do garoto, abandonado pelo pai (Domingos Montagner) e criado pela mãe Tereza (Suzana Pires), pela avó (Tuna Dwek) e o avô Benedito (Moacyr Franco). 

De temperamento explosivo e sempre arranjando briga na escola, a saída encontrada pela família é matriculá-lo numa academia de judô. 




E é neste esporte que ele encontra seu caminho para vencer na vida, construir uma carreira e conquistar seu objetivo - participar das Olimpíadas. 


Durante o trajeto, Max é ajudado e treinado pelo mestre em artes marciais sensei Josino, interpretado por Tato Gabus Mendes. 

E conhece aquela que será sua mulher, a jovem Alice, vivida por Sabrina Sato.

A ideia de fazer o filme surgiu, segundo o diretor Stefano Capuzzi Lapietra, após ele ler a autobiografia de Max Trombini, “Aprendiz de Samurai”. Stefano se matriculou na academia onde o judoca dá aulas e dias depois propôs que fizessem um documentário sobre sua vida.


Max Trombini com o ator Caio Castro (Foto: Reprodução)

No elenco, estão ainda Tato Gabus Mendes, Suzana Pires, Moacyr Franco, Rosi Campo, Tuna Dwek e Felipe Folgosi.

Tags: A Grande Vitória, Max Trombini, Caio Castro, Sabrina Sato, Moacyr Franco, Paris Filmes, Downtown Filmes, Cinema no Escurinho