quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

"Em Busca de Fellini", uma reverência ao genial cineasta italiano

Filme dirigido por Taron Lexton remete a lugares, referências, frases e trechos de produções de Federico Fellini (Fotos: Cineart Filmes/Divulgação)

Mirtes Helena Scalioni


Mesmo os que não são profundos conhecedores do cineasta italiano vão gostar de "Em Busca de Fellini", delicioso filme descaradamente feito para homenagear e reverenciar esse genial criador, que estreia nesta quinta-feira nos cinemas de BH. No entanto, quem tiver mais conhecimento da sua obra vai, certamente, reconhecer lugares, referências, frases e, claro, se deliciar com trechos dos seus filmes. Estão lá, por exemplo, cenas emocionantes e citações de "La Dolce Vita", "Oito e Meio", "Noites de Cabíria" e, principalmente, "A Estrada da Vida".


Difícil acreditar, mas o filme, dirigido por Taron Lexton, é baseado em fatos reais. Lucy (Ksenia Solo em atuação impecável) é uma jovem ingênua que vive na pequena Ohio, nos Estados Unidos, de onde nunca saiu. Superprotegida pela mãe é sonhadora, tem dificuldades com os rapazes e acaba desenvolvendo um louco amor pelo cinema, mais especificamente por Federico Fellini, de quem se torna fã ardorosa.



Entre outras identificações, ela se vê no personagem Gelsomina, vivido por Giullietta Masina em "A Estrada da Vida". Assiste ao filme repetidas vezes e sempre se emociona as lágrimas. Sem saber que sua mãe Claire (Maria Bello) está doente, decide ir para a Itália à procura do diretor que, como ela, acredita que "o visionário é o único e verdadeiro realista".


A viagem solitária de Lucy pela Itália, passando por Verona, Veneza e Roma, é a grande mágica do filme, e se torna comovente, principalmente por ser habilmente intercalada com o drama de sua mãe Claire, que ficou em Ohio aos cuidados da irmã Kerri (Mary Lynn Rajskub), talvez a única personagem de toda a trama que tem alguma tangência com o real. Entre loucuras, experiências, desencontros e perigos, a jovem conhece Angelo (Lorenzo Balducci), que a ajuda na busca por Fellini.


Cenas passadas na bela Itália sempre encantam e emocionam. Lugares, comidas, a música envolvente e o idioma parecem aquecer a alma do espectador, mesmo que a viagem de Lucy cause algum estranhamento. Que ninguém se pergunte, por exemplo, onde ela se hospeda, com que dinheiro se desloca e outros questionamentos de ordem prática.


Onírica como a obra de Federico Fellini, a passagem da jovem americana pelo país europeu é pura fantasia, fiel, portanto, à excentricidade e à estética do diretor, para quem "a vida é uma combinação de magia e espaguete". Mas, enfim, em se tratando de Fellini, quem precisa de realidade?


"Em Busca de Fellini", distribuído no Brasil pela Cineart Filmes, já conquistou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz no Festival de Ferrara deste ano, na Itália. A produção além de homenagear o diretor e seu pais, é baseada na verdadeira história de Nancy Cartwright, uma das roteiristas e produtoras. Classificação: 14 anos
Duração: 1h43