sábado, 6 de fevereiro de 2021

"Em Busca de Ohana" reúne aventura, magia, paisagens paradisíacas e uma bela mensagem para a família

 Filmada na ilha de Oahu, no Havaí, produção atrai público dos 8 aos 80 anos (Fotos: Jennifer Rose Clasen e Colleen E. Hayes/Netflix) 


Silvana Monteiro 


"Em Busca de Ohana" ("Finding Ohana") é um filme de aventura, que marca a estreia de Jude Weng como diretora, tendo como roteirista Christina Strain. O título estreou na Netflix em 29 de janeiro de 2021 e desde então se mantém entre os dez mais vistos da plataforma. ‌

Com um roteiro que evidencia a previsibilidade, a obra é uma inspiração infantojuvenil no estilo Indiana Jones e lembra bastante sagas como "Jumanji" e "Viagem à Ilha Misteriosa". O elenco ainda é pouco conhecido, mas a fotografia das belas paisagens da Ilha de Oahu, no Havaí, onde foi gravado, supera os pequenos deslizes.


O filme conta a história de Pili (Kea Peahu), uma menina espoleta que vive com a mãe Leilani (Kelly Hu) e o irmão Ioane (Alex Aiono) em Nova Iorque. Nas férias, eles precisam ir ao Havaí para rever o avô Kimo (Banscombe Richmond) que não está nada bem em vários aspectos da vida. 


Descontentes, a menina e o irmão são sempre confrontados, vivem às turras e pressionados a reverem a cultura do lugar em que nasceram, mas de onde tiveram que mudar por causa de uma fatalidade familiar. 
 


Ao encontrar um velho objeto do avô, o senso de escoteira e o espírito aventureiro da menina que em Nova York praticava geocaching (*) vão falar mais alto. Ela vai começar a buscar pela mitologia havaiana e pela língua nativa que mal sabe balbuciar e descobrir segredos do passado de sua família.  


Enquanto o avô e a mãe tentam se ajeitar em meio às emergências do dia a dia, Pili e o amiguinho Casper (Owen Vaccaro) decidem explorar sozinhos uma montanha sagrada da região. Começa aí uma corrida rumo ao desconhecido que vai envolver também Ioane e Hana (Lindsay Watson) uma linda jovem nativa. 


Os quatro aventureiros vão viver momentos de desespero, medo, alegrias e magia e descobrir a força da união. Uma história para segurar pequenos e grandes aventureiros no sofá. ‌Reúna a família e aperte o play.   

(*) Geocaching é um passatempo e desporto de ar livre no qual se utiliza um receptor de navegação por satélite, como o GPS, para encontrar uma "geocache" (caixa, cache) colocada em qualquer local do mundo. 


Ficha técnica:
Direção: Jude Weng
Duração: 2h03
Exibição: Netflix
Classificação: 10 anos
País: EUA
Gêneros: Ação / Aventura / Família / comédia


Nenhum comentário:

Postar um comentário