segunda-feira, 16 de junho de 2014

Continuação de "Como Treinar seu Dragão" é ainda melhor

Soluço e Banguela, dois amigos inseparáveis que estão sempre buscando novas aventuras (Fotos: DreamWorks/Divulgação)

Maristela Bretas

Nem sempre podemos contar que a continuação de um filme (ou animação, como é o caso) vai ser tão boa quanto o primeiro. Mas no caso de "Como Treinar seu Dragão 2" ("How to Train Your Dragon 2"), os produtores acertaram em cheio e o filme ficou ótimo. Ou melhor, superou a primeira produção. 

Veja a versão legendada



O elenco de dubladores é o mesmo do primeiro filme - Jay Baruchel é Soluço, Gerard Butler faz a voz original do pai dele, America Ferrera é a voz de Astrid e Craig Ferguson dubla o viking Gobber.

Na história que iniciou a trilogia (em 2010), prevalece a amizade fiel e sincera entre o jovem Soluço e seu dragão negro (quase) domesticado Banguela, que se sacrifica para salvar seu dono. 

No segundo filme essa relação é ainda mais forte e vai ser testada. A dupla está mais unida, cada um com sua deficiência adquirida no filme anterior na luta para que humanos e dragões pudessem conviver pacificamente, o que acaba acontecendo. 

Cinco anos se passaram e Soluço não quer aceitar o lugar do pai Stoick como líder da vila de Berk. Ele quer liberdade, poder voar e conhece novos lugares com Banguela. 


O jovem só não contava que entre uma aventura e outra fosse conhecer uma Valka (ótima dublagem original de Cate Blanchett, de "Blue Jasmine") "defensora dos dragões" e que ela seria sua mãe. 

Além disso, precisará enfrentar o perigoso Drago Bludvist (voz de Djimon Hounson, de "Diamante de Sangue"), que quer caçar e controlar todos os dragões.


Nesse meio tempo, também sofrerá uma grande perda que irá virar sua vida de cabeça para baixo e colocar em xeque a amizade com seu amigo mais fiel. 

O filme também tem momentos muito engraçados, principalmente da amiga de Soluço se "insinuando" para o musculoso Eret (dublado por Kit Harrington, de "Pompeia").


Linda mensagem, explorando o tema de uma amizade sincera, a união e o amor de pais e filhos, e a importância de se lutar por algo em que se acredita. 

Os efeitos visuais, principalmente dos voos dos dragões e das lutas são ótimos. Este vale a pena gastar um pouco mais e assistir na versão 3D. 

A DreamWorks, responsável pela produção de "Como Treinar seu Dragão", já confirmou para 18 de junho de 2016 a estreia do episódio final da trilogia. E o diretor vai ter que esbanjar criatividade para superar os dois primeiros filmes.

Ficha técnica:
Direção: Dean DeBlois
Produção: DreamWorks Animation
Distribuição: Fox Films
Duração: 1h45
Gênero: Animação/Fantasia
País: EUA
Classificação: Livre
Nota: 5,0 (0 a 5)

Tags: Como Treinar Seu Dragão 2; DreamWorks Animation; aventura; animação; Fox Films; Cinema no Escurinho