quarta-feira, 21 de abril de 2021

Façam suas apostas - Sete curiosidades sobre o Oscar 2021 que valem uma graninha extra


Da Redação


Os indicados ao Oscar 2021 já são conhecidos e alguns praticamente estão com a estatueta na mão. Agora é sua vez de faturar uma graninha apostando nos candidatos à 93ª edição da maior premiação do cinema mundial, que acontece no próximo domingo (25). 

Neste ano, o formato será diferente dos anteriores, não só por causa da pandemia de Covid-19. Há mudanças no número de categorias, na data, no protocolo da cerimônia e até em critérios para os filmes indicados. E é aí que os cinéfilos ainda podem faturar uma graninha.

Nomadland (Walt Disney Pictures)

Confira abaixo sete curiosidades sobre o Oscar 2021:

1. Apostar no Oscar 2021
Quem sabe tudo de cinema e conhece os critérios e predileções da academia pode lucrar com o Oscar 2021 fazendo APOSTAS ONLINE. Isso porque a Casa de Apostas KTO tem odds para quase todas as categorias da premiação. No momento em que esse texto foi escrito, por exemplo, a odd para Viola Davis na categoria de Melhor Atriz era de 3.0. Isso significa que se você apostar R$ 10,00 nesta opção e acertar, o valor total que você vai ganhar é R$ 30,00.


2. Novidades nas categorias de som do Oscar
Até o ano passado, o Oscar premiava os filmes em 24 categorias diferentes. Neste ano, o número caiu para 23. Isso porque a academia decidiu unir os conceitos de mixagem e edição para definir o filme com melhor som. 

3. Novo critério na categoria de trilha original
A partir de agora, os filmes precisam ter pelo menos 60% de trilha original para concorrer nesta categoria. E nos casos em que a história seja sequência de uma película anterior é necessário que ao menos 80% da trilha seja original. 

Meu Pai (California Filmes)

4. Data da cerimônia do Oscar
O Oscar normalmente ocorre entre a última semana de fevereiro e a primeira semana de março. Contudo, neste ano, foi necessário adiar o evento. Ele será realizado apenas no final de abril. Diferentemente das duas primeiras mudanças, essa alteração foi por causa da pandemia. Vale comentar que a lista dos indicados também demorou mais para sair, sendo divulgada apenas no dia 15 de março.

Mank (Netflix)

5. Como será a cerimônia do Oscar 2021
Para conseguir adotar todos os protocolos de segurança sem abrir mão da cerimônia presencial, o evento vai acontecer em dois locais diferentes de Los Angeles. Além do Dolby Theater, a festa será realizada também na Union Station - estação de trem que fica a 15 minutos de carro da tradicional casa da academia. Somente os apresentadores, os indicados e seus acompanhantes e, é claro, a produção do evento estarão presentes nos dois locais. Não haverá convidados como na edições anteriores.

A Voz Suprema do Blues (Netflix)

6. Streaming é cinema
Uma das maiores polêmicas do Oscar 2021 nem diz respeito às alterações na data e formato. O que está deixando muita gente intrigada é a indicação de filmes da Netflix, Amazon Prime e Disney Plus, que não foram produzidos pensando nas telonas. "A Voz Suprema do Blues" e "Mank", que estão disponíveis no catálogo da Netflix, concorrem em diversas categorias, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz e Melhor Direção.

7. Diversidade no Oscar
Em quase 93 anos de premiação, apenas uma mulher venceu o Oscar de Melhor Direção e cinco foram indicadas até 2020. Neste ano, mais duas estão concorrendo na categoria, sendo que Chloé Zhao é a franca favorita pelo seu trabalho em "Nomadland". Emerald Fennel também se destaca pela forma que conduziu o filme "Bela Vingança". Outro destaque entre as mulheres é Yuh-Jung Youn ("Minari"), sul-coreana que concorre entre as melhores atrizes coadjuvantes.

Minari (Foto: A24)

E além da diversidade de gênero, o Oscar 2021 também conta com três negros indicados na categoria de Melhor Ator Coadjuvante: Daniel Kaluuya e Lakeith Stanfield ("Judas e o Messias Negro") e Leslie Odom Jr. ("Uma Noite em Miami"). Na categoria de Melhor Ator temos a indicação do muçulmano Riz Ahmed ("O Som do Silêncio"), e o ásio-americano Steven Yeun ("Minari"), além do negro Chadwick Boseman, que concorre postumamente à premiação por seu papel em "A Voz Suprema do Blues".

Agora é apostar e torcer para que sua escolha seja a vencedora. Boa sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário